Entrevistei Cezar Cunha Dias dos Santos, co-fundador (ao lado do CTO Filipe Duarte) e responsável por produtos e novos negócios na startup Zubit. O objetivo é entender como anda o mercado em que eles atuam: gestão e mídias sociais. Há alguns anos, começaram a surgir diversas startups nessa área porque as empresas brasileiras estavam passando a adotar estratégias digitais com foco em socialização e a oportunidade era o monitoramento, bem como a gestão de campanhas e atendimento (“SAC social”).

Vejamos um pouco da trajetória da Zubit e deste mercado.

zubit02

Por que o Zubit foi criado?

A Zubit surgiu após detectarmos uma necessidade no mercado. Trabalhava com monitoramento de mídias sociais e as plataformas que existiam na época não atendiam minha demanda, era preciso recorrer a diversas plataformas pagas e gratuitas além de muito excel.

Qual é a proposta de valor do Zubit? Como ela se diferencia?

A Zubit nasceu para facilitar a vida de quem trabalha com marketing digital. todos nossos produtos são focados na produtividade, eles possuem diversos facilitadores e algoritmos que trabalham para nossos clientes gerando insights e otimizando o tempo operacional. Dessa forma eles podem demandar mais tempo para análises e ações.

Quem criou o Zubit?

Filipe Duarte especialista em tecnologia e Cezar Cunha, especialista em Marketing Digital, experiência mutua e forte contato com diversas pessoas do mercado de marketing digital.

Houve algum investidor externo?

A empresa foi subsidiada pelos próprios sócios, além de uma parceria com a Microsoft, participamos do programa Bizspark Plus que nos proporcionou créditos em arquitetura de nuvem da Microsoft, o Azure.

Quanto tempo o Zubit levou para ser lançado?

A Zubit foi aberta em maio de 2012. Em 2011 começamos o projeto, as primeiras linhas de código, o primeiro front-end e em 3 meses tínhamos a primeira versão do nosso primeiro produto, o zMonitor. Não queríamos dar um tiro no pé, por isso trabalhamos no início com apenas 3 clientes beta testers para avaliar o produto. Em 2012 tínhamos um produto competitivo com diversos diferenciais e começamos a dar a cara a tapa.

Desde seu lançamento, houve mudanças no produto ou no modelo de negócio?

Podemos dizer que a Zubit é uma empresa SaaS voltada para o mercado de marketing digital. Como o mercado é muito dinâmico o zMonitor, nosso primeiro produto, foi construído para atender essa recorrente evolução, novas funcionalidades são lançadas de 20 em 20 dias. Em 2014 lançamos o Pagematch (http://pagematch.zubit.com.br/), uma plataforma gratuita que compara a performance de páginas do Facebook.

zubit03

O mercado de monitoramento teve mudanças relevantes nos últimos anos?

O mercado muda a todo momento, algumas redes sociais vão perdendo a importância enquanto outras vem ganhando força. As marcas precisam ter sua atuação e monitoramento padronizados utilizando métricas, kpis e metas independentemente dos canais monitorados, não podem ficar reféns das redes Y ou X, pois não possuem controle sobre elas.

Que tipo de clientes usam Zubit?

Antigamente apenas a área de marketing de algumas empresas/agências monitoravam. Hoje a maioria das empresas começaram algum tipo de monitoramento em mídias sociais e a diversificação das áreas que o monitoramento atende está cada vez maior. Temos clientes que utilizam o monitoramento para atendimento, marketing, BI, analise competitiva de mercado, vendas, entre outras.

Tem algum caso de uso? O que acontece com os clientes depois que eles passam a usar Zubit?

Sim, agências de grande porte que utilizavam ferramentas brasileiras e gringas conseguiram aumentar a produtividade dos operadores em 75%. Outro caso foi em um evento de grande porte desse ano, os analistas monitoraram tudo que estava sendo falado do evento, da estrutura e dos artistas em real time, o que ocasionou em uma prevenção de crises muito eficaz.

Quais são os números atuais do Zubit? quantos usuários? quantas pessoas trabalhando? atingiram equilíbrio financeiro (break even)?

Trabalhando com uma equipe reduzida, já monitoramos cerca de 2 mil marcas, pretendemos chegar a liderança do mercado de monitoramento até o final do ano com o zMonitor e abastecer o mercado com plataformas para atender necessidades negligenciadas. Nosso caixa é positivo, a Zubit é uma empresa lucrativa.