A sueca iZettle, de serviços de pagamento móvel e aplicativos e presente no Brasil desde o ano passado, obteve €40 milhões, ou R$ 124 milhões, em sua terceira rodada financiamento. O investidor baseado em Londres Zouk Capital liderou a rodada, que também teve a participação da Dawn Capital e da Intel Capital, ao lado dos seguintes participantes das Série A e B: Creandum, Greylock Partners, Index Ventures, Northzone e SEB Private Equity.

A empresa opera hoje na Suécia, Dinamarca, Noruega, México, Finlândia, Reino Unido, Alemanha, Espanha e Brasil. As rodadas anteriores de financiamento incluíram também American Express, MasterCard e Banco Santander. Nathan Medlock, diretor da equipe de Growth Capital (Novos Negócios) do Zouk, passa a integrar o conselho iZettle.

No Brasil desde agosto de 2013, a iZettle vai usar o financiamento para continuar a crescer nos mercados onde opera e identificar novos territórios.

Jacob de Geer, co-fundador e CEO da iZettle, comentou sobre o negócio. “As pequenas empresas são a força motriz da economia global. A nossa missão desde o início tem sido a de democratizar e simplificar os pagamentos de todo o mundo para ajudar as pequenas empresas a expandir seus negócios.”

A iZettle começou a operar em 2011, oferecendo uma maneira simples de aceitar pagamentos com cartão, por meio dos seus leitores que transformam smartphones e tablets em maquinas registradoras. Hoje, as pequenas empresas buscam a iZettle também para obter ferramentas de gestão para expandir seus negócios. O aplicativo da iZettle – disponível no Brasil para download gratuito na Apple App Store e no Google Play – permite rastrear e analisar as vendas com gráficos que exibem receitas, produtos mais vendidos e volume médio de pagamentos e também identifica os clientes mais fieis.

“Considerando o sucesso da iZettle na Europa, estamos muito animados com os planos de crescimento daqui para frente. Acredito que esta rodada de financiamento dará à iZettle o poder de fogo necessário para executar sua próxima fase de expansão”, disse Medlock. “O ponto central da tese de investimentos do Zouk é o surgimento do que chamamos de inteligência de recursos, ou seja: não apenas devemos fazer mais com menos, mas os recursos, processos e sistemas devem operar mais conectados do que nunca. A iZettle é um grande exemplo deste conceito em ação.”

O aplicativo da iZettle leva apenas alguns minutos para configurar e, no Brasil, aceita as bandeiras Visa e Mastercard. Não há mensalidades ou fidelização e o cliente só paga um percentual por transação. O valor das vendas é depositado em conta corrente em até 5 dias.

A iZettle é regulada pela Autoridade de Supervisão Financeira da Suécia, cujos serviços são aprovados pela EMV (Europay, MasterCard e Visa)  e em conformidade com o  PCI DSS (Padrão da Segurança de Dados da Indústria de Pagamentos com Cartões).