A Endeavor realizou um diagnóstico sobre o andamento dos participantes de seu programa Startup Network.

Como exemplo, fizemos uma entrevista com Alexandre Borin Cardoso, que fundou a startup Prestus (detentora do serviço “Número Mágico”) com o sócio Leandro Ferrari Crocomo, e com Gustavo Marujo, que trabalha na Endeavor com apoio a empreendedores, inclusive pela Startup Network.

Como funciona a avaliação

Diagnóstico (jan-fev): cada uma das 13 startups passa por 3 mentorias para avaliar a empresa sob o ponto de vista financeiro, operacional e de mercado, direcionando para os principais desafios de negócio a serem trabalhados, de acordo com 5 temas – marketing/vendas, produto, operação, company building, liquidity.
Acompanhamento (fev-jun): mentorias individuais sob demanda + mentorias coletivas segundo modelos de negócio (SaaS b2b, Marketplace, Ecommerce, Saas b2c).

Desafios comuns aos avaliados

Desafio de Liquidity:
– Se for captar, precisa ter claro como cobra/como dá dinheiro; mercado está assim, crescendo tanto – projeção de uso do dinheiro para 1,5 anos, assim tem espaço p/ manobra
Company Building:
– Estruturação de conselho
– Qual o papel do CEO?
– Como estabelecer metas e supervisionar equipe de desenvolvedores?
– Como abrir plano de stock options?
Assista ao vídeo e entenda a trajetória da Prestus e ouça os comentários de Marujo, ao final.