Pareceria piada mas é verdade: a Apple foi fundada em 1 de Abril de 1976, já esteve perto da falência mas está avaliada como a marca mais valiosa do mundo em 2013 (mais de 98 bilhões de dólares conforme a Interbrand, 104 bilhões conforme a Forbes). Este ano, já teve suas ações valendo 544 dólares na bolsa Nasdaq e, após grande queda no início do mês de abril, o mercado financeiro ainda não reagiu a um novo posicionamento ambiental da empresa.

Ontem , quando suas ações estavam negociadas a 531 dólares, a Apple lançou uma campanha institucional totalmente voltada ao meio ambiente (em alusão ao Dia da Terra, comemorado hoje), incluindo anúncios publicitários, reformulação da homepage apple.com, um vídeo sobre suas iniciativas, um vídeo explicativo (contendo entrevistas) sobre o novo campus que está construindo em Cupertino e um subsite contendo descritivos do impacto ambiental de cada um de seus produtos (mostrando a diminuição no consumo de energia, principalmente).

Mas isso não fez com que suas ações valorizassem: no momento, uma unidade de AAPL está sendo negociada a 528,62 dólares. De toda forma, a qualidade dos produtos ou da comunicação nem sempre tem a ver com as vendas da empresa ou com o desempenho na bolsa (que pode estar afetado por uma disputa legal contra a Samsung). Pode ser que o mercado financeiro não esteja valorizando ainda a fase “maçã verde” da Apple, mas a empresa foi avaliada em primeiro lugar entre empresas de Internet amigas do meio ambiente em um relatório da entidade ambientalista Greenpeace publicado este mês.

Entenda como vai ser o novo campus da Apple:

Vídeo institucional “Better”, narrado pelo CEO Tim Cook:

Em junho, a empresa promove o evento Apple Worldwide Developers Conference, em San Francisco.