A plataforma de financiamento coletivo Kickante lançou um desafio para startups: quem arrecadar mais dinheiro numa campanha no site de crowdfunding ganhará uma viagem com acompanhante para São Francisco.

A ação, realizada em parceria com o fundo de investimentos FCJ Participações, foi lançada em Belo Horizonte, durante o Demo Day, evento voltado ao empreendedorismo e inovação criado pela FCJ.

O prazo final para as inscrições no site da Kickante é 10 de abril, até 23h59. A meta mínima de arrecadação é R$ 50 mil. Os tipos de campanha são flexível ou tudo ou nada. No primeiro caso, o criador recebe todo o valor arrecadado no término da campanha, mesmo se não atingir a meta estabelecida. Já na campanha tudo ou nada, o valor arrecadado é recebido se atingir ou ultrapassar a meta estabelecida. São preciso no mínimo 50 campanhas para ocorrer a premiação, o que desanima alguns, mas a CEO da Kickante diz que é um estímulo para a concorrência.

O Statupi falou com Candice Pascoal, CEO da plataforma Kickante que tirou algumas dúvidas sobre o desafio. Leia abaixo:

Como surgiu a ideia do desafio?

Estamos na Kickante em contato diário com inovadores e startups ao redor do Brasil, iniciando a idealizar campanhas para que arrecadem fundos para seus projetos. O crowdfunding para o mercado de startups no Brasil é novo, ainda está no começo e então pensamos em uma campanha nacional para mobilizar esse segmento. No mundo, o meio de tech/empreendorismo/gaming movimenta já 16.9% de um mercado de quase U$ 6 bilhões, com startups arrecadando fundos antes mesmo do seu lançamento com a pré-venda de produtos variados.

Vocês dizem que os vencedores poderão apresentar seus projetos para investidores americanos. Essa ação também será organizada pela Kickante?

Sim, esta é uma ação que consideramos um ganho para todos. Veja que há poucas semanas o Facebook fez uma aquisição de U$ 2 bilhões de uma startup que saiu do papel por meio do crowdfunding nos EUA. A Kickante vem falando há meses no Brasil que crowdfunding para empresa é uma pré-venda e uma importante vitrine para investidores. Esta campanha solidifica isso.

Quantas startups já estão participando do desafio?

Já temos 19 inscritos, e as inscrições acabam no dia 10 de Abril.

Vocês dizem que é preciso no mínimo 50 campanhas para ocorrer a premiação. Por quê?

Para a competição ter relevância, é importante haver uma movimentação no mercado. Para isso, precisamos de um certo volume de campanhas e inovação.

Mesmo se a startup não ganhar o desafio, o que ela tem a ganhar com esse tipo de competição?

Muito. Quando uma startup lança uma campanha de crowdfunding, ela não apenas arrecada fundos para si por meio de uma pré-venda dos seus produtos, mas também, faz um estudo de mercado, um teste do seu time, e começa a criar uma comunidade de comprador final.

A Kickante pensa em repetir o desafio futuramente? Com que frequência?

Sim, a repercussão tem sido bastante positiva e já estamos traçando campanhas consecultivas, todos que estiverem inscritos no Demo Day serão notificados. Então, mesmo que não esteja pronto para lançar sua campanha para este desafio – a startup deve se inscrever e ela será informada sobre novas ações.