Nos últimos dias 11,12 e 13 de abril aconteceu a primeira edição do Startup Weekend em Belém – Pará, e apenas o segundo na região Norte do Brasil. Durante os três dias, foram 115 participantes, que criaram 15 projetos de startups e contaram com a ajuda de 15 mentores (7 paraenses), além da facilitadora Alline Jajah, e mais 4 palestrantes.

Entre eles, três foram premiados. Além disso, foram selecionados outros dois, considerados com potencial para serem financiados via crowdfunding, e que receberão assessoria da Casa de Cultura Digital do Pará.

Todos os finalistas ganharam apoio do Hub728 para ganharem espaço de co-working que os permitirá continuar a desenvolver seus projetos. Além disso, o primeiro colocado ganhou uma vaga no Startup Alley da BRAPPS 2014, onde terá oportunidade de buscar parceiros e investidores em Brasília.

vencedores

Veja quais foram os finalistas:

InClub – Plataforma online que conecta e facilita a vida de pessoas com deficiência, seus familiares e amigos, reúne e partilha informações sobre serviços inclusivos e especializados (escolas, médicos, clínicas etc.).

“Participar do #SWBelem foi uma experiência nova e recompensadora para mim. Com uma dinâmica produtiva e bem estruturada, que envolveu a colaboração de mentores com amplas experiências em diferentes áreas, conseguimos focar melhor o negócio, que passou a ter um norte mais claro, principalmente em relação a melhor plataforma para implementá-lo. Agora, já estamos articulando para aprimorar mais a ferramenta e representá-la no BRAPPS 2014”, declarou Alexandre Ramôa, idealizador da InClub.

Severino – plataforma Web e Mobile, onde as pessoas podem procurar profissionais liberais ligados a serviços elétricos, hidráulicos e de obras.

“Havia bastante expectativa com o evento pela possibilidade de network com a diversidade de pessoas que participam destas iniciativas. Minha expectativa foi superada pela qualidade da estrutura, as contribuições dos mentores e pela equipe complementar que montamos, com profissionais de desenvolvimento, mobile e da área de empreendedorismo e que foi fundamental para a execução da ideia que, neste final de semana, virou um negócio, porque conseguimos criar um site, um aplicativo, intermediamos 7 serviços e já tivemos lucro. Agora, vamos seguir em frente, declarou Felipe Araújo, um dos idealizadores da Severino.

Melhor Preço – website que indica lugares para comer perto e dentro do orçamento do usuário.

“Saímos às ruas, e, em uma hora e meia, visitamos restaurantes e criamos uma lista com 20 estabelecimentos, que aprovaram o negócio. Depois, em meia hora, convidamos 24 pessoas, que mostraram-se interessadas conhecer estes espaços. Também criamos a página do Melhor Preço, que, em menos de 2 horas, teve 100 curtidas. Paralelamente, fiz networks com mentores, que contribuíram para a qualidade do projeto. Por todos estes resultados, foi muito bom participar do evento e vamos trabalhar mais para levar o Melhor Preço adiante e criar o aplicativo que vai poder ajudar nossos usuários a encontrar ainda mais opções que caibam no seu bolso”, declarou Victoria Mutran, idealizadora do projeto.

Em Belém, o evento foi organizado pelos empreendedores locais Adailton Lima (Fundador da startup Rota Urbana); Bruno Santos (fundador da startup Saldo Coletivo); Eduardo Guerra (fundador da Infomobile), Marcelo Malcher (empreendedor da Tecnoinf) e Marcell Almeida. O evento também teve co-organização institucional do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), patrocínio da Empresa do Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa), do Banco do Brasil Tecnologia e Serviços  e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Pará (Sebrae-PA).