A Vindi, startup que oferece serviço B2B de gestão da carteira de assinantes e de cobranças para empresas de pequeno e grande porte e já mencionada antes no Startupi aqui acaba de receber aporte de  R$1 milhão de um investidor brasileiro.

Segundo Rodrigo Dantas, CEO da Vindi, o investidor está a frente de uma das maiores empresas varejistas do Brasil, mas pediu anonimato por ora. “Recebemos algumas propostas de investimento antes, de uma Venture Capital e de um fundo, mas não achamos legal seguir em frente. Essa parceria, porém, era estratégica para a empresa”, diz Dantas.

A Vindi foi fundada há 11 meses e é uma plataforma de serviços com foco na cobrança recorrente que já possui na carteira cerca de 50 clientes, dentre eles: clubes de assinaturas, clubes de jogos e empresas SaaS.

Segundo Dantas, o investimento vai ser importante para continuar o bom trabalho. “[O investimento] vai ser usado para o desenvolvimento do produto e o nosso projeto de expansão”, diz o CEO.

Dantas também explica a importância da parceria. “Minha experiência com esse tipo de processo é um tanto cuidadosa, procurar investidor é na maioria das vezes, largar o produto e largar o cliente. Fomos deixando as propostas vir organicamente, sempre com foco no cliente, nos colaboradores que contratávamos e no produto. Quando apareceu alguém que fez sentido, acertamos”, concluiu.