A Samsung quis aproveitar o boom dos serviços de streaming musicais e lançou o seu próprio nesta sexta-feira, 07. Batizado de Milk, o sistema foi feito para funcionar apenas em smartphones da linha Galaxy. Ou pelo menos deveria ser assim… Apenas algumas horas após o lançamento do produto, usuários encontraram brechas no sistema e instalaram o Milk em outros smartphones Android que não sejam da Samsung.

A falha, no entanto, só pode ser explorada em smartphones com root. Além disso, por enquanto, o serviço funciona apenas nos EUA. Mesmo assim, se você está curioso, o AndroidPolice explica como aproveitar a brecha aquiProblemas à parte, o serviço parece ser bem bacana. Ele é gratuito, não tem publicidade, e permite o usuário escolher o estilo de música que quer ouvir, apenas com um botão em uma interface simples.

É possível criar suas próprias estações, com artistas e discos que você gosta. Ainda dá para ver as coleções feitas pela curadoria de terceiros. A Samsung ainda diz que irá trabalhar com os músicos para oferecer programações únicas — será que vem programas como iTunes Sessions por aí?

De acordo com o Financial Times, o Milk é abastecido pelo Slacker Music, o que significa que conta com um catálogo de, pelo menos, 13 milhões de músicas. 

O movimento é interessante para a Samsung. É uma maneira de conquistar mais clientes e oferecer um diferencial em seus smartphones, como a Apple fez com o iTunes Radio também. No entanto, enquanto essa falha não for corrigida, essas vantagens ficam de lado para a sul-coreana.

Via TechCrunch