Bater palmas para acender e apagar as luzes remete a uma cena cafona de algum filme dos anos 1990. Se parte do que torna o quadro cômico é bater da palma, seus problemas acabaram. A Domotic é uma startup baseada em Joinville que criou controles para interruptores via wifi e já está em pré-venda por R$ 239 com entregas anunciadas para junho.

Selecionada para a Startup & Makers na Campus Party deste ano, a empresa tinha um dos estandes mais disputados da parte de startups e atraía vários curiosos. Domotic é híbrido de “domus” e “motic”, que significa casa inteligente. Isso porque a empresa criada em 2011 era focada em automação residencial, mas pivotou e hoje está especializada no controle via wifi.

“Nos voltamos completamente para a Internet das Coisas e precisávamos de um produto para fazer uma prova de conceito. Foi aí que surgiu a ideia do interruptor”, diz Giorgio Pretto, um dos sócios da empresa, Além dos interruptores, eles também oferecem um pacote para desenvolvedores, mas que ainda não tem previsão de comercialização. Pretto prevê que essa versão para desenvolvedor deve custar R$ 150.

O controle da Domotic já está sendo usado em versão beta por sete clientes. Pretto diz que a recepção tem sido ótima. “Eles já estão usando bastante e disseram que não voltaram mais para o interruptor convencional”, afirma. Ele assume que esse preço de pré-venda deve crescer logo.

O único problema do controle é que o produto não funciona sem internet, que também servirá de base para a manutenção dos produtos, feita remotamente.

A empresa recebeu um investimento do Estado de Santa Catarina em janeiro deste ano no valor de R$ 79 mil. Além disso, a Domotic participou de um programa de aceleração da Startup Fund, em 2012 e em 2013 foram incubados pela Midi Tecnológico, de Florianópolis.

A startup já vendeu 20 controles em sua pré-venda e pretende fabricar mil controles até julho. Além disso, a Domotic conversa com empresas de eletrodomésticos para desenvolver mais soluções. Na parte dos desenvolvedores, Pretto diz que eles ainda pretendem fazer workshops do controle.

Foto: Giorgio Pretto, Elias Mazzocco e Dimas Broering, sócios da Domotic