Um produto para gestão de varejo fez essa startup perceber um problema e apresentar rapidamente uma solução. “Tínhamos clientes deste outro software em mais de 15 estados brasileiros, quando surgiu a demanda por boleto bancário neste projeto”, diz Tiago Vailati , CEO da Hiperboleto. Foi aí que a empresa de Santa Catarina começou a trabalhar numa ferramenta de boletos e fizeram um teste desse aplicativo gratuitamente para testar a recepção. “Ficamos 30 dias no ar e conseguimos uma conversão de 13% dos visitantes, que se inscreveram para experimentarem gratuitamente o HiperBoleto após o lançamento. Foi aí que identificamos que estávamos diante de uma oportunidade de negócio e direcionamos nossa atenção para o desenvolvimento do produto”, explica Vailati.

Hoje a Hiperboleto tem mais de 2.500 usuários cadastrados e trabalham na evolução do sistema a partir do feedback que recebem dos clientes. A startup é uma das selecionadas do Startup & Makers da Campus Party 2014 que começa hoje no Anhembi Parque, na Zona Norte de São Paulo. A empresa busca entrar em programas de aceleração e mostrar seu negócio a investidores.

Com recursos 100% online que não exigem a instalação de nada, a Hiperboleto também trará como diferencial em sua versão 2.0 –com lançamento marcado para março deste ano–, mais uma solução. Quando lançou a ferramenta para teste, a startup percebeu que muitos cadastrados não geravam boletos. “Constatamos que mais da metade dos usuários não conseguiu liberar a conta bancária para emissão de boletos, pois os bancos impõem muitas regras burocráticas e que, muitas vezes, não são fáceis de serem preenchidas pelos diferentes tipos de empresas no Brasil”, afirma Vailati. Foi aí que a empresa buscou um novo formato e promete tornar boletos acessíveis a todos.

Em sua nova versão, a Hiperboleto não exige que o cliente tenha contrato com o banco e nem tempo de conta bancária. “Isso torna a ferramenta perfeita para freelancers, profissionais liberais, autônomos, além de servir muito bem para empresas de qualquer tamanho, até mesmo para o microempreendedor individual”, acrescenta o CEO. O aplicativo também oferece opções para gestão de cobrança, automação de atividades e geração recorrente de boletos.

A empresa encara na Campus Party uma oportunidade de divulgar o negócio. ” Estaremos imersos durante uma semana num ambiente de troca de experiências e conhecimento com outras startups e grandes talentos brasileiros e estrangeiros, fato que, sem dúvidas, irá elevar todos para um novo patamar”, conclui Vailati.