Antonio Carlos Valente, presidente da Telefonica|Vivo no Brasil, abriu números da empresa (e de concorrentes) nesta manhã. Mais do que isso, abriu os planos, metas e conquistas. Abriu também o coração, brincando de showman, expressando o comprometimento da corporação ao abrir também o microfone para diversos diretores.

Veja abaixo: vídeos e gráficos.

A corporação vem investindo mais de R$ 24 bilhões entre 2011 e 2014 e conta com 29% dos clientes de pós-pago no Brasil e 49% dos clientes de banda larga móvel. Diz ser a única operadora com crescimento de receita por cliente.

Veja abaixo um pouco do que ele e seus diretores apresentaram. Vale destacar que, além de fornecer mais 3G e mais 4G, focando o acesso móvel, a companhia reforçou que tem o data center mais moderno da América Latina, pelo qual oferece hospedagem, software sob demanda e abertura para parceiros desenvolverem serviços digitais.

Não menos, foi reforçada a importância da parceria exclusiva com a Mozilla, para desenvolvimento e distribuição do sistema operacional Firefox OS em smartphones. O meio de pagamento móvel Zuum também está na pauta para um lançamento forte no início do ano (após um ano de testes).

Os programas de digitalização de cidades e de escolas rurais (com a distribuição de tablets, netbooks e notebooks mais o treinamento de professores e a formatação de conteúdos digitais para uma verdadeira repaginação da aprendizagem) fazem parte de uma renovação da Telefonica em direção a ser uma Telco Digital.

Marco Civil da Internet

Sobre esta questão da sociedade brasileira, Valente foi pontual: “nestes 16 anos em que estamos neste setor de telecomunicações, nunca vimos a neutralidade – que é o foco central do marco civil – ser arranhada no Brasil, ao menos no que compete à operação das telecoms. O comportamento dos consumidores vem mudando e a gente vem refletindo sobre como acompanhar essas necessidades com a consistência que fazemos nosso trabalho”.

Educação

Valente: “Queremos conectar sim todas as escolas do Brasil, e assumimos o compromisso de fazer isso em 30 mil escolas rurais, mas é necessário mais do que isso. Por isso que, lá em Viamão/RS, por exemplo, assessoramos os alunos que, antes sem contato com a tecnologia, hoje já conseguem programar software e até pequenos robôs”.

Vídeos

Disse Pablo Larrieux, diretor do braço digital: “Queremos ser uma companhia fundamentada em vídeo, pois este é o desejo do povo, de contar cada vez mais com uma excelente Content Delivery Network”.

telefonica-grandes-numeros

telefonica-pos-pago

telefonica-3t13