Já tinha conversado com o pessoal da Flexy Negócios Digitais por aqui há alguns meses. Agora, a startup catarinense que fornece tecnologia para e-commerces informa que ampliou as atividades para três países na América do Sul: Peru, Chile e Argentina.

O último território conquistado foi o peruano. Há um objetivo claro: popularizar o comércio eletrônico no Peru, principalmente, entre as micro e pequenas empresas, que representam 98% do total de empresas do mercado nacional.

Às empresas de grande porte desses países, será apresentada a solução Cadeia Distribuição B2B da Flexy que, hospedada em servidores da Amazon, com acesso totalmente pela internet, permite a gestão de toda a cadeia de vendas, incluindo e-commerce.

Uma das vantagens da plataforma é a possibilidade de exibir os antigos catálogos de produtos em um tablet, o que facilita a realização de pedidos do representante comercial em nome dos lojistas. Por sua vez, o lojista também poderá vender seu produto ao consumidor final via internet por meio do sistema do fornecedor.

Já para micro e pequenas empresas, o caminho será a Loja Virtual B2C Flexy e o E-commerce Descentralizado. A solução possibilita a venda de produtos pela internet em diferentes canais, como smartphones, Facebook e até totens em lojas e ruas.

(Na foto, Cristiano Chaussard, um dos cofundadores da Flexy; crédito Rosane Lima/Divulgação)