Já tínhamos contado para vocês por aqui sobre o pessoal da Motomap (que, inclusive, é selecionada do programa Startup Brasil). Agora, uma nova player chega ao mercado de entregas via motoboys: a VaiMoto anunciou o início de suas operações na grande São Paulo, a partir do próximo dia 14, sob um investimento-anjo de R$ 2 milhões (a identidade dos investidores não foi informada).

A empresa, que já conta com mais de mil motoboys cadastrados, pretende expandir para todo o Estado nos próximos seis meses. A ideia é a ampliação para o Rio de Janeiro também.

O foco da nova player de motoentregas é voltado para as micro, pequenas e médias empresas, além de pessoas físicas. Por ora, a ferramenta é gratuita e acessada apenas via site. O cliente faz a descrição do pedido e acerta diretamente com o portador. O custo de uso da plataforma para o motoboy é de R$ 1,99 por entrega. As notificações são feitas via aplicativo para Android (2.3 ou superior).

A VaiMoto pertence ao coletivo de startups da DCAN+M, que já tem experiência com o mercado mobile. O fundador da VaiMoto é Daniel Silva, que é formado em Administração e Economia pela Edinboro University of Pennsylvania, EUA, e também fez Mestrado em Empreendedorismo na European School of Economics, Reino Unido (2008). A startup conta também com o diretor de operações  Bruno Mendes, que é formado em Desenho Industrial e MBA em Marketing, com experiência em criação, planejamento e atendimento em agências de trade, design e publicidade.