Cinco sócios resolveram lançar um serviço gratuito para impactar a massa de brasileiros que ainda não acessa seus direitos. O Processe Aqui foi criado para que os consumidores que forem lesados por alguma empresa, em uma relação de consumo, possam fazer valer os seus direitos de forma muito simples. Os criadores são três advogados – Geovani Santos (idealizador), George e Giovani Pimentel (investidores) – e dois publicitários – Leonardo Sena e Carlos Veloso.

Diferente do que se imaginava, processar uma empresa que te lesou é muito simples e rápido. Em apenas quatro passos você preenche seus dados, indica a empresa que vai processar, cita o problema e finaliza a petição. Imediatamente, recebe um link para baixar a petição pronta para imprimir. É só seguir as instruções posteriores fornecidas pelo próprio site.

No Brasil, se o pedido de indenização do processo for de até 20 salários mínimos, o cidadão não precisa contratar um advogado, Defensoria Pública ou núcleos de faculdade. Apesar disso, a falta de informação e a burocracia fazem com que muitos consumidores desistam de processar e deixem de garantir os seus direitos. O que motiva as empresas a continuarem lesando os consumidores.

Com a petição em mãos, o consumidor ganha um tempo precioso e pode imediatamente dar entrada no seu processo, sem precisar pagar um advogado. Para o Processe Aqui, dar a oportunidade do cidadão brasileiro criar uma petição na hora e de graça, significa democratizar o acesso à justiça e contribuir para uma melhor qualidade dos serviços e produtos do nosso país.

Por enquanto, a empresa sustenta-se com o dinheiro dos dois sócios investidores. O modelo de receita previsto é a comercialização de anúncios publicitários.

Imagem: divulgação Processe Aqui.