Dia agitado para os investimentos em startups: depois do anúncio do aporte de R$ 3 milhões na startup de biotecnologia Ecosynth, o portal de videoaulas Veduca acaba de anunciar um investimento de R$ 1,1 milhão na plataforma.

O aporte chega logo depois de a Veduca lançar o seu MBA com aulas gratuitas – eu dei uma reportagem completa sobre o tema logo aqui.

Em comunicado, a empresa afirma que os investidores são a Bolt Ventures* (antiga Mountain do Brasil), fundo de investimento baseado em Luxemburgo, com escritório em São Paulo e Zurique; Macmillan Digital Education, parte da Macmillan Publishers, um dos maiores e mais tradicionais grupos editoriais do mundo; e 500 Startups, fundo de capital do Vale do Silício.

O aporte acontece um ano após o Veduca ter levantado R$ 1,5 milhão com o mesmo grupo de investidores.

Fundada por Carlos Souza, Marcelo Mejlachowicz, André Tachian e Eduardo Zancul, a empresa tem o objetivo de democratizar o acesso à educação superior de qualidade no Brasil e países emergentes.

O Veduca foi ao ar em março de 2012 e atualmente reúne mais de 5.700 videoaulas de 17 das melhores instituições de ensino do mundo.

(Na foto, da esquerda para a direita: sócios fundadores do Veduca Marcelo Mejlachowicz, Eduardo Zancul, Carlos Souza, e André Tachian)

*A Bolt Ventures/Mountain do Brasil é uma das investidoras do Startupi nesta nova fase. Saiba mais aqui