Apple, Samsung, LG, Motorola, Huawei, Nokia, Positivo e CCE apresentaram e tiveram a aprovação das suas cotas de aplicativos nacionais a serem instalados ou disponibilizados por meio de guias de instalação nos aparelhos.

A medida do Ministério das Comunicações, que previa ao menos cinco aplicativos fabricados no Brasil, é um movimento para desoneração de impostos PIS/Cofins sobre smartphones, e passa a valer a partir do dia 10 de outubro.

Com a desoneração, espera-se que o preço final de um smartphone ao consumidor seja reduzido. A ideia é que o número de apps brasileiros nos dispositivos chegue a 50 até 2014.

Reproduzimos parte do Diário Oficial da União de hoje logo abaixo (o original está disponível a partir desta página); veja quais aplicativos as fabricantes selecionaram e que foram ratificados pelo Ministério das Comunicações.