O número de mulheres empreendendo cresceu 21,4% no período de dez anos, segundo informações divulgadas ontem pelo Sebrae em parceria com o Dieese, num relatório chamado Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas.

A base do estudo enfocou perfis de gênero de pequenos negócios, cujo faturamento vai até R$ 3,6 milhões por ano, entre 2001 e 2011. No mesmo período, a participação masculina subiu 9,8%.

A estimativa dada no relatório é que, a cada dez empresas, três são comandadas por mulheres. E foi a região Norte que despontou o maior número de empreendedoras em relação às demais: o crescimento foi de quase 80%. No Centro-Oeste, o contingente de mulheres empreendedoras aumentou 43%.

As empresárias têm ingressado neste mercado cada vez mais jovens: 41% delas possuem idade entre 18 e 39 anos, enquanto 52% têm entre 40 e 64 anos.

O Sebrae elencou ainda as características da mulher empreendedora – geralmente, mais atenciosas com os clientes e focadas no investimento em capacitação.