Assinamos corriqueiramente jornais, revistas, serviços de telefonia e internet, feeds de notícias. E agora, o esmalte, um item de consumo adorado pela maioria das mulheres brasileiras, têm seu espaço para assinatura também: a Marias do Esmalte é uma startup de Curitiba, capital paranaense, que começou a operar há menos de um mês.

Mesmo assim, a cofundadora Sabrinna Franziner me contou que elas já têm 50 pedidos para essa leva do primeiro mês – e uma base de mil cadastradas.

Junto com Daniele Marques, elas vão entregar a clientes do Sul e do Sudeste uma caixinha personalizada a R$ 34,90 mensais com frete gratuito. São de quatro a seis tonalidades repassadas por mês, com um folheto explicativo, looks e tutoriais de nail art. No site, as clientes também encontram informações relativas a esse universo.

A assinatura é feita pelo site, por boleto bancário ou por cartão de crédito; caso a cliente prefira descontinuá-la, o cancelamento é feito sem qualquer cobrança adicional.

Segundo elas, são esmaltes selecionados, que dificilmente são encontrados em farmácias e casas de cosméticos – com isso, as meninas também estão de olho no mercado do interior dos Estados. O mais bacana é que as clientes personalizam os esmaltes que querem receber de acordo com o seu gosto: clássico, descolado ou ambos. Como o conteúdo é exclusivo, vai ser atualizado assim que a primeira leva de esmaltes chegue às clientes.

Temos visto muitas startups investindo no segmento da beleza – que, vale lembrar, movimenta cerca de R$ 30 bilhões por ano no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). O bacana da Marias do Esmalte é oferecer um produto tão específico e adorado pelas mulheres em um formato bem confortável.