bar_valley-mission-2013

Introdução por Diego Remus:

Uma das pessoas que conheci nesta recente viagem a San Francisco foi o empreendedor Renato Stefani, criador da plataforma de crowdfunding Pontapés (que já apresentamos nesta matéria e vai ser a máquina por trás da Creative Business Cup). Previamente, ele tinha ‘hackeado’ um Emotiv no seu projeto de conclusão de curso de Engenharia no Brasil e fez uma cadeira de rodas ‘controlada pelo pensamento’. Também trabalhou na Siemens e na I.ndigo.

Depois disso, ele criou também a plataforma de visualização de conteúdo LiveMemo e foi colega do nosso colunista Roberto Alvarez na Singularity University (confira série de matérias e entrevistas com pessoas da Singularity).

Ele me contou que estava vivendo no Vale do Silício “on a budget”, vendo quanto seria o menor valor necessário por semana para levar a vida. Eis que ele escreveu um artigo sobre isso, que ficou uma espécie de guia mesmo, super útil para quem quer passar um tempo na mítica região inovadora.

Então, para vocês, segue abaixo o texto de Renato.


Vivendo no Vale com 55 dólares por semana

“Depois de passar mais de 4 meses morando entre San Francisco e Mountain View, CA, decidi que seria útil compartilhar o que eu passei, principalmente para outros empreendedores que estão pensando em vir para cá.

A seguir, eu vou explicar detalhadamente como eu consegui viver no Vale do Silício com apenas 55 dólares por semana, em 4 passos.

A preparação

Antes de qualquer coisa, existem passos precedentes para sua ida ao Vale. Seja você alguém que está atrás de novas oportunidades para a sua vida ou se você é um empreendedor que está vivendo na base do miojo e sabe que qualquer grana a mais que você gasta é prejuízo, acredito que será muito útil.

Passo -1 -> Networking

Networking é essencial, e não teria jeito algum de conseguir passar o que eu passei sem contatos. Diria que são mais do que contatos, e sim grandes amigos agora. As pessoas que estão na Bay Area são todas loucas por tecnologia e startups. Você tem que começar a se inserir no meio, de algum jeito, mesmo que seja local, na sua cidade. Uma ótima maneira de descobrir eventos é seguir o Startup Digest Brazil, o Startupi e, claro, o Meetup.

Vá em todos que puder, sem exceção. Encontre pessoas que você se dá bem e saia da conversa óbvia do “Oi, quem é você, o que você faz?”. Mostre interesse genuíno em quem quer que seja que você estiver conhecendo. Você vai perceber que é muito melhor fazer amigos a networking apenas.

Passo 0 -> Moradia

Lembra do passo -1? Então, para começar sua viagem para o Silicon Valley, o que vai te fazer economizar a maior parte da sua grana é justamente você aumentar sua rede de amigos para eventualmente conseguir chegar em alguém que mora na Bay Area. No começo o que eu basicamente fiz foi me aproveitar da graph search do facebook para me informar quem perto da minha rede estudava ou estudou em Stanford. Isso pode parecer mais simples que você imagina, abaixo segue um exemplo.

Grupos de facebook como “Brasileiros no Vale” ou ainda, “Brasileiros de Stanford” também são ótimos recursos. Descobriu quem são as pessoas que você tem que conhecer? Peça para seus amigos te apresentarem, ou mande mensagem! Você também pode sair do universo de Stanford e tentar outras escolar e cursos por aqui, ou ainda a mais básica de todas: procurar quem mora aqui de fato.

Se você conseguiu fazer sua lição de casa bem feita (passo -1), você vai conseguir se conectar a alguém que pode te ajudar rapidinho. Peça por informações sobre alguém que mora por perto. Outra coisa que pode ser útil é simplesmente perguntar no seu Facebook se alguém pode te ajudar com uma viagem a SF, por exemplo. Se você descolar um sofá, isso vai te fazer economizar no mínimo 20 dólares por dia.

Se nada der certo, e você ainda não quiser gastar com estadia, sites como o couchsurfing podem te ajudar, e muito.

No “pior” caso, vá de AirBnb ou Hostels. Você pode achar lugares a partir de 20 dólares por dia. Outros lugares, especiais para Startups e empreendedores estrangeiros, são ótimos, o que faz você conhecer mais pessoas alinhadas aos seus objetivos: a Startup Embassy e Blackbox Mansion são as opções nessa linha.

Dê preferência a lugares onde você tem acesso a, no mínimo, uma geladeira. Os motivos estão no próximo passo.

http://www.hostels.com/san-francisco/usa
http://www.hostelbookers.com/hostels/usa/san-francisco/
http://www.sfhostels.org/
http://www.hiusa.org/sanfranciscowharf

Passo 1 -> Alimentação

A não ser que você tenha MUITAS restrições alimentícias, é muito fácil comer “saudável” e barato no Vale, mas você tem que sair um pouco da rota do óbvio. O que eu vou propor é um mix entre suplementos e refeições. Afinal, você quer economizar, não ficar desnutrido. Lembrando: eu sou um engenheiro que conseguiu passar por isso, não quero nutricionistas aqui me tachando.

Primeiro, sua alimentação será baseada de acordo com o lugar que você vai ficar. Uma coisa é ter acesso a uma geladeira ou frigobar, outra coisa é ter apenas um quarto. Por isso que eu sugeri acesso a uma geladeira.Tendo acesso a uma geladeira, o que eu proponho é:

  • Peito de Peru, menos gordura que presunto, tamanho familia, 500g por U$ 4.80. Dura aproximadamente 2 semanas, comendo 2 lanches ao dia.
  • Pão de forma comprando o integral, um pouquinho mais caro, por U$ 1.40. O normal é U$1.00
  • Queijo/Manteiga/Cream Cheese – fica a seu critério. Aprox. U$ 3.00
  • Banana/Frutas: U$ 3.00 (por semana)

Com isso, você garantiu seu café da manhã e lanche da tarde por 2 semanas com U$ 10.7. Fazendo a conta por dia, U$ 10.7/14 = 0.77/dia.

Caso você tenha conseguido um lugar com acesso a um fogão, dá pra comer melhor ainda de almoço.

  • Ovos U$ 2.50, cartela com 12 ovos
  • Macarrão U$ 1.50
  • Molho para macarrão U$ 1.50
  • Frango congelado U$ 4.00, 1.3 kg.

Tudo acima dá tranquilamente para 2 semanas. Você pode cozinhar um bocado e guardar para esquentar mais tarde, e não precisar cozinhar todo dia.

Preço total por semana: (U$0.77/dia * 7 dia/ semana) + [ (U$ 2.50 + U$ 1.50 + U$ 4.00) / 2 ] = U$ 9.39

Sem geladeira:
Fica complicado, mas você consegue se virar bem com barras de cereal com proteína. amplamente disponíveis em lojas de suplemento (e em algumas empresas que você pode visitar).

Suplementos:
Para suprimir a falta de alguns nutrientes dessa dieta, vale a pena investir no seguinte:

  • Complexo B U$8.28 – muito importante para funções neurológicas, cognição e memória. 100 pílulas, 1 pílula por dia. Preço por dia: U$ 0.08, 1 semana: U$ 0.57;
  • Vitamina D: U$12.16. Aumenta a imunidade contra vírus. 240 pílulas, deve-se tomar 1 a cada dois dias. Preço por dia: aproximadamente U$ 0.025, 1 semana: U$ 0.18.
  • Multivitamínico U$12.97. Dispensa apresentações. 200 pílulas, 1 por dia. Preço por dia: aproximadamente U$ 0.06, 1 semana: U$ 0.42.

Preço total por semana: U$0.57 + U$0.18 + U$0.42 = U$1.17

Barras de cereal de proteína: U$ 12.00 a U$ 20.00, preço da barra: U$ 1.00

Café: se você, como eu, é louco por café, aqui vão alguns truques para tirar o seu na faixa:
– você está no Vale do Silício, faça questão de visitar algumas empresas que você gosta, pelo menos na parte da manhã. Apresente-se por email, e vá lá de qualquer jeito, tendo o email respondido ou não. As empresas geralmente são muito abertas a visitantes. E sim, elas tem café, e muita comida! Salve uns biscoitinhos e barras de cereal para mais tarde. Um dos exemplos que eu dou foi o Waze, que além me receberem muito bem, me deram uma camiseta e um suporte de celular para carro.

Água: nos EUA nenhum estabelecimento cobra por água. Mesmo se você nem comeu lá. Compre uma garrafinha em alguma loja de conveniencia e ande sempre com ela, abasteça e, se bater fome, beba água, O truque ajuda até certo ponto.

Jantar: Aqui está o maior truque.

Em qualquer restaurante que você vá (McDonalds NÃO está sendo considerado como um) , é muito difícil achar uma refeição boa por menos de 10 dólares. Quando eu vim para o Vale do Silício, eu vim para aumentar o meu networking, ver como as empresas funcionam, como funciona o mercado, e quais profissionais estão em falta. A melhor maneira de ser efetivo e conhecer o maior número de pessoas, e ao mesmo tempo desfilar uma janta na faixa, é ir em meetups.

Tem diversos, acontecendo quase todos os dias da semana. Procure por aqueles que tem “food sponsored by…”. Segue a lista dos que eu fui e aprovei (inclusive a comida):

Dica: mesmo se não conseguir o RSVP, vá de qualquer jeito. O que acontece é que muitas pessoas não comparecem, e o objetivo do meetup é justamente conhecer pessoas (e, no nosso caso, comer). Nunca me bloquearam, acredito que também não farão o mesmo com você.

Bônus: Denny’s

Atenção: esse item requer muita cara-de-pau, mas funciona. A rede de restaurantes Denny’s tem diversas opções no menu econômico. Items como “All you can eat soup and salad” e “All you can eat pancakes”. Esses itens custam em torno de USD4 e sim, você pode ficar um bom tempo comendo e aproveitando o WI-Fi do local para trabalhar. A água é gratuita, então você já sacou o esquema.

Passo 2 -> Transporte: Bicicleta, Craigslit

Aqui, de novo, o networking/ amizades me ajudaram muito. Mandei uma mensagem por email e facebook, perguntando se alguem conseguia me descolar uma bicicleta por aqui, e em 1 dia consegui uma bicicleta emprestada. Você consegue se virar a pé ou com um skate também, mas a bicicleta é mais rápida.

De qualquer maneira, vale a pena um investimento no WalMart (U$85.00), ou comprar uma usada no Craigslist (a partir de U$25.00) , e, logo antes de voltar, vender no craigslist de novo .

Vamos supor que você use o trem todo dia, para ir e voltar de SF, estando no Vale.
Você compra o Clipper, e gasta U$ 43.75 / semana -> (U$ 50.00 / 8)*7

Colocando no papel: Investimento total por semana.
Assumindo que você dê conta da moradia, vamos somar o total da alimentação + suplementos + transporte:

Total: U$ 9.39 + U$1.17 + U$ 43.75 = U$ 54.31

Contando com o investimento de uma bicicleta usada no Craigslist, assumindo que você dê azar e só ache por U$40.00, e dos suplementos, que ficarão com você por um bom tempo. (aprox. 3 meses).

U$ 54.31 + U$ 40.00 + U$ 12.97 + U$ 12.16 + U$ 8.28 = U$ 127.72

Menos de 150 dólares de investimento inicial, sendo que você consegue recuperar esses 40 no final da sua viagem.

Tá com preguiça de vender a bicicleta? Pague alguém para fazer isso por você! www.fancyhands.com -> site com assistentes virtuais, você paga 5 dólares por tarefa.

Payback

Se você ficou na casa daquela pessoa que te concedeu o sofá por meros trocados ou por qualquer motivo que seja, mostre sua gratidão. Quando você expande sua rede, você acaba que por conhecer pessoas maravilhosas ao seu redor. Uma maneira muito boa de mostrar sua gratidão é com pequenos gestos, como lavar a louça, se oferecer para passar o aspirador, etc.

Um bom presente tradicional do seu país (pães de queijo) também ajuda. Você está sem idéia de presentes? www.amazon.com – boa sorte!

Não precisa economizar?

Tem certas pessoas que não gostariam de passar por isso, e preferem comer todo dia em restaurante. Mas pense nos benefícios, de todo esse dinheiro que você pode economizar. Você pode eventualmente ir surfar, pular de pára-quedas, alugar um barco e sair velejando no final de semana. Isso tudo custa menos do que você imagina. Economize e invista em experiências! Enfim, sua criatividade é o limite!

Eu ainda tenho muitas outras dicas de como aproveitar ao máximo sua viagem, economizando e se divertindo ao mesmo tempo. Qualquer dúvida, restefani@gmail.com.