Vai dar aquela festa de arromba para comemorar o aporte da sua startup? Agora você pode reservar um espaço para receber os convidados em uma casa noturna ou em um evento por meio da plataforma eCamarotes.

A ideia é simplificar o processo, segundo me contou o cofundador Vinicius Andrade. “Atualmente, o processo de reserva de camarotes nestes estabelecimentos demanda muito tempo, várias ligações e troca de e-mails entre os consumidores e as casas”, declarou. “Nossa proposta é oferecer um site com a programação das casas noturnas parceiras, fotos do local, onde os consumidores possam entrar, realizar a busca de acordo com suas preferências e então reservar o local desejado.”

Ele também me contou que a startup foi fundada em esquema bootstrapping, mas que atualmente estão avaliando uma proposta de investimento de um fundo da região sul do Brasil.

Andrade diz que o eCamarotes cobra um porcentual sobre a reserva feita pelos clientes. “Nosso modelo de receita é baseado no ganho da casa. Não cobramos mensalidade e nenhuma outra taxa pelo uso da plataforma, somente cobramos comissão pelas reservas efetuadas via site.”

A ideia surgiu a partir de uma lacuna de mercado, segundo relata Andrade. “Identificamos que o processo de reserva de camarotes  são muito complicados para os consumidores e não fornecem segurança efetiva de comparecimento dos clientes nos eventos. Assim, elaboramos uma ferramenta que dá ao estabelecimento total controle das reservas e um novo canal de vendas”, diz.

O eCamarotes está no ar há apenas dois meses em versão beta, mas vem sendo idealizado desde o final do ano passado. Além de Andrade, os fundadores são Bruno Nascimento, que atua nas áreas comercial e financeira; Allan Rebello e Danillo Ribeiro são os programadores do projeto.