A Rota dos Concursos foi uma das duas primeiras empresas brasileiras a fazer parte da 500 Startups, um dos mais reconhecidos programas de aceleração de empresas do mundo, situado no Vale do Silício, Califórnia. A empresa também foi eleita pela World Summit como uma das 100 empresas mais inovadoras e empreendedoras do mundo. Agora, recebeu uma rodada de investimento proveniente de Monashees Capital, Gera Venture, 500 Startups e investidores anjos, incluindo norte-americanos e um dos co-fundadores do Buscapé, Mário Letelier.

Com o aporte, a Rota dos Concursos trará novos talentos para completar o time e acelerar o crescimento. Esse é um passo importante para a construção de sua visão: ser a principal plataforma de estudos para provas da América Latina, não apenas para concursos públicos, como também para os demais segmentos. Com aproximadamente 7 milhões de concurseiros, o mercado de preparação para concursos é estimado em R$ 6 bilhões e vem migrando de maneira acelerada para a internet, atualmente o principal canal de conteúdo para os candidatos.

“A Rota nos chamou a atenção pela pegada inovadora em um mercado carente de tecnologia. Eles conhecem os problemas que os concurseiros enfrentam e conseguem pensar em soluções criativas para solucioná-los. Além disso, dividimos o sonho de revolucionar a educação brasileira”, diz Bruno Cani, analista de investimentos do Gera Venture Capital. “Desde nossa fundação, temos como um foco investimentos em tecnologias de educação, as quais são capazes de aumentar consideravelmente o engajamento e a capacidade de aprendizado dos seus usuários. A Rota dos Concursos se encaixa perfeitamente a essa nossa visão”, comenta Eric Acher, sócio-fundador da Monashees Capital.

“Esse novo investimento confirma a credibilidade e o potencial da Rota dos Concursos”, afirma Hélio Guilherme Silva, fundador e presidente da Rota dos Concursos. “Nosso time é muito dinâmico e conhece de perto a necessidade das pessoas que estudam para concurso. Todos os sócios-fundadores da Rota já passaram em um concurso público anteriormente. Inclusive, a empresa surgiu da necessidade de um dos sócios-fundadores em organizar seu processo de estudo, a começar pelas questões”, reforça Hélio Guilherme.

Com o foco em otimizar o tempo e os recursos dos estudantes, a Rota apresenta uma nova proposta de valor em um mercado hoje dominado por soluções offline ou puramente de conteúdo. A companhia oferece uma plataforma completa para resolução de questões de concursos passados, uma das fontes mais utilizadas por concurseiros para se preparar para as provas. Por R$12,90/mês, o estudante acompanha em tempo real seu desempenho e identifica onde precisa melhorar. Agora, o time está investindo em uma personalização maior da ferramenta, que indicará para o aluno qual caminho ele deve seguir para passar na prova: o que estudar, como estudar, quando estudar e quanto estudar.

Veja também: entrevista gravada em vídeo com Hélio Guilherme em setembro de 2012 dentro da 500 Startups (abaixo).

Sobre a Monashees Capital

Fundada em 2005, a Monashees Capital é uma empresa de venture capital que investe nos melhores empreendedores nos espaços de Internet e Educação. Com um portfólio que inclui Peixe Urbano, boo-box, Elo7, Mind Lab e Baby.com.br, a Monashees é um parceiro de longo prazo para a construção de grandes empresas.

Sobre o Gera Venture

O Gera é uma firma de capital de risco focada exclusivamente em educação. A empresa investe em empreendedores de alto potencial, com o duplo mandato de gerar impacto significativo na educação e obter retorno financeiro atrativo.

Sobre a 500 Startups

É um fundo de investimento e aceleradora sediada no Vale do Silício, Estados Unidos. As 500Startups têm uma rede ativa de 200 mentores que aconselham os empreendedores ativamente em desenvolvimento de negócio, design, distribuição e métricas.