Começar um novo negócio envolve um procedimento que pode ser divertido ou uma tortura para os empreendedores: definir o nome da empresa. A Logoficina, criada por Felipe Giannetti e Lucas Gomes, quer acabar com esse problema ao oferecer um kit completo de marca para os empresários. “A pessoa escolhe o nome e o domínio já está registrado. Além disso, ela leva o logo”, explica Lucas. Segundo ele, o projeto está em desenvolvimento desde março e foi ao ar há dois esses.

O cofundador, que foi aluno da 1ª turma do programa Sthart, diz que a ideia é focar nos pequenos e médios negócios, já que o preço pedido na Logoficina é mais em conta do que uma agência de publicidade. “Atualmente, estamos vendendo os pacotes, mas pensamos em virar um marketplace de marcas e nomes.”

Nessa versão mais avançada do produto, afirma Lucas, os designers vão poder cadastrar logos para empresas com nomes de domínios já registrados. Essa imagem passará por aprovação e o designer será recompensado se o pacote foi vendido.

A startup foi criada com investimento próprio dos sócios, que já compraram vários domínios para colocar a venda. A empresa fica baseada em Rio Claro, interior de São Paulo, e São Paulo, mas os dois sócios estudam a possibilidade de transferir tudo para a capital paulistana.