Um recém-formado e dois universitários lançam amanhã o Trocaki, um serviço de trocas online focado justamente no público do qual eles fazem parte, o público dos estudantes. “O nosso objetivo principal é ajudar os estudantes a trocar materiais de estudo, como livros, calculadoras, pranchetas de desenho, enfim, qualquer coisa que possa vir a ajudá-los na jornada acadêmica sem que precisem gastar dinheiro comprando novos materiais ou produtos pessoais”, conta Marcos Pacheco, que criou a startup ao lado de Frederico Reinaldin e o Murilo Castagnoli de Quadros.

A ideia deles é construir algo colaborativo, que possa reaproveitar materiais que, sem outra opção, podem ficar parados em alguma gaveta. Apesar de ser focado no público universitário, quem já não é mais estudante também pode participar e acabar se livrando de itens antigos.

Os três sócios, cujas idades não passam de 23 anos, dizem ter trabalhado no projeto por cerca de sete meses até o lançamento, que está planejado para amanhã. “A página já está no ar, mas alguns pequenos detalhes vão mudar até lá. Quem quiser já pode se cadastrar”, avisa Marcos.

Nesse período de desenvolvimento, os três também foram selecionados para a incubadora Hub Curitiba. Eles não receberam nenhum investimento externo ainda, mas planejam uma possível captação para melhorar o produto.

Foto: velkr0