A startup mineira Cucco, criadora de um serviço online de agendamentos, será a representante brasileira no prêmio Building Global Innovators (BGI) organizado pelo MIT Portugal. A companhia foi escolhida como uma das 20 semifinalistas do prêmio e disputará prêmios de até 1 milhão de euros com startups de países como Portugal, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Rússia e Itália.

“Os semifinalistas passam por uma série de etapas, ao longo de dez meses, incluindo viagens para Lisboa e Boston”, conta André Rabelo, cofundador da Cucco, com quem conversei contem. Segundo ele, a Cucco participará das próximas cinco etapas do prêmio, que também dará cursos de capacitação para seus semifinalistas. “Chega a ser parecido com um programa de aceleração.”

”É uma excelente oportunidade para acelerar e lançar alguns projetos que já estavam engatilhados e, claro, internacionalizar a operação que já está em funcionamento”, completa Daniel Falci, também cofundador. Para fazer a viagem inicial a Lisboa, o pessoal da Cucco montou um crowdfunding pedindo ajuda para arcar com os custos. Quem quiser ajudar pode doar neste site.

A Cucco fica sediada no San Pedro Valley, polo de inovação em Belo Horizonte, e nasceu dentro de uma agência digital mineira.

Leia mais: