A merenda dos alunos de 20 escolas brasileiras está mais inteligente por causa do sistema da EasyFood e os grandes fundos estão atentos. A Confrapar anunciou que investiu R$ 2,3 milhões na EasyFood, que criou um software que integra cantinas, escolas, pais e crianças na gestão do consumo de alimentos e controle nutricional. Estão sob a alçada da startup a alimentação de 17 mil crianças.

O investimento está sendo feito por meio do fundo NascenTI, o segundo da gestora Confrapar, dedicado ao crescimento de empresas de tecnologia do estado do Rio de Janeiro. Anteriormente, a startup já havia recebido uma rodada de aporte liderada pela Lab22. E foi a Lab22 que apresentou a chance de investimento na Easy Food para a Confrapar.

Segundo comunicado divulgado, os R$ 2,3 milhões serão destinados, principalmente, à expansão comercial e ao aumento da equipe da empresa, que planeja atender 500 mil alunos até 2015.

O sistema da EasyFood já foi implantado em mais de 20 escolas em quatro Estados brasileiros. Segundo a companhia, o principal benefício é que os pais e responsáveis  podem acompanhar a alimentação dos filhos na escola. “Pelo sistema é possível ver o consumo dos filhos, limitar quantidades e gastos, realizar recargas online, e restringir produtos. Tudo em tempo real”, explica Apolo Lira, CEO e sócio fundador da Easy Food.

A plataforma também quer aumentar a agilidade no atendimento das cantinas, já que os alunos podem fazer pedidos por um totem instalado na escola, que usa tecnologias como a biometria.

Foto: Melissa