Empresas brasileiras desenvolvedoras de software e instaladas em território nacional poderão ter vantagens na competição por compras do governo, após obter a certificação do programa Certics, criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

As regras para ter a vantagem são as seguintes: quem fizer a certificação do programa terá preferência nas licitações públicas (veja aqui como obter a certificação). A certificação tem que ser feita pela própria empresa, não é obrigatória e tem validade de dois anos. Por enquanto, o MCTI ainda não disponibilizou o cadastro para quem quer receber o selo, mas eles já lançaram o edital de seleção das empresas que farão a avaliação.

O modelo do programa se baseia em quatro áreas de competência. Veja mais sobre os resultados esperados em cada setor:

areas de competencia

Quem emite a certificação é o próprio MCTI. Se o software for avaliado e não receber a certificação, a empresa poderá pedir uma reavaliação depois de quatro meses.

Clique aqui para saber tudo do Certics