A MaxMilhas, startup de Belo Horizonte, quer fazer o meio de campo para a criação de um mercado aberto de compra e venda de passagens aéreas, tentando reduzir os custos das passagens no Brasil. Por enquanto, apenas quem tem milhas do TAM Fidelidade e do Smiles da Gol pode participar, acessando o site e cadastrando a oferta. É o usuário quem estabelece o valor de venda.

Na outra ponta, quem quer comprar as passagens também entra no site e procura pelas ofertas. “Pesquisando e “garimpando” algumas datas, é possível encontrar descontos de até 90%”, diz comunicado divulgado. “O MaxMilhas garante o seu dinheiro até a emissão da passagem pelo vendedor, utilizando das ferramentas PayPal e PagSeguro.”

A empresa foi criada por três sócios fundadores: Max Oliveira (que também dá o nome do site), Conrado Abreu e Hiran Cesar. Eles não tiveram investimento externo, mas já geram receita, pegando uma comissão sob as negociações que são feitas pelo site. “O vendedor recebe o valor cheio que deseja, mas o comprador paga valor desejado do vendedor mais taxa percentual já embutida na oferta do vendedor disponível no site”, explica Max.

Foto: Doug