A partir do próximo 1º de julho, muitos de nós (incluindo esta que vos escreve!) ficaremos órfãos do Google Reader, já que o Google decidiu aposentar o nosso amado leitor de feeds. Quem ainda não encontrou um novo lar para acompanhar os sites que mais gosta pode tentar uma alternativa brasileira: o Aggregga.

O produto foi lançado em março deste ano e agrega as principais redes sociais dos usuários com os feeds dos sites –algo que o Flipboard já faz muito bem para quem usa tablet. “O usuário é capaz de descobrir o que seus amigos mais gostam de ler em seus sites e blogs preferidos, além de poder dar sua opinião e compartilhar notícias e posts com apenas um clique”, diz comunicado divulgado pela empresa.

O Aggregga também busca se diferenciar com a medição de resultados. Segundo a empresa, os publicadores de conteúdo podem ter acesso aos dados estatísticos do que foi ao ar, além de interagir com seus leitores. Acesse aqui um vídeo de divulgação da ferramenta.

A empresa foi criada por Sandro Pereira, Wesley David e Jônatas Lima, sem nenhum aporte externo, apenas com recursos dos fundadores. A ideia deles é deixar a plataforma mais robusta antes de abrir para a inserção de capital externo.

Foto: violinha