Extra: assista aqui a “info session online” em que o investidor Pedro Waengertner tira dúvidas sobre a Aceleratech e o Start-Up Brasil.

Vim para o Demo Day da Aceleratech no auditório da ESPM em São Paulo achando que ia “apenas” encontrar várias pessoas interessantes e ouvir pitches incríveis das 11 startups que passaram pelas 12 semanas de aceleração. Mas antes mesmo da primeira startup fazer seu pitch, o empreendedor, investidor e co-fundador da aceleradora Pedro Waengertner lembrou que os pilares da iniciativa sempre foram mentoria, educação e impacto, e aí o outro co-fundador da Aceleratech, Mike Ajnsztajn, surpreendeu a todos.

Ele anunciou que, além de ser uma das aceleradoras credenciadas para o Start-Up Brasil (veja site e nossa cobertura), a Aceleratech quer se diferenciar sendo a maior do país. “Junto com a ESPM, vamos abrir unidades da Aceleratech no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, e junto com outros parceiros vamos abrir em Belo Horizonte e Recife”, pontuou.

Após este anúncio, Pedro voltou para o palco e anunciou que um dos mentores que as startups mais gostaram vai se juntar à sociedade da Aceleratech.

Artur tem experiência como vice-presidente da JPMorgan, diretor do Banco Safra e agora do Banc4 Brand & Trade.

Assista ao vídeo abaixo – e veja também: como foram os pitches das startups no Demo Day da Aceleratech.

 

Disclaimer: a Aceleratech é um dos investidores do Startupi.