Foi lançado há poucos dias o site da EasyFarma, uma startup que já causou um certo burburinho no Facebook. A ideia do aplicativo é fornecer a comparação de preços na compra de medicamentos. “Ao invés de você visitar cinco farmácias, ou ligar para tantas outras, você utiliza o aplicativo para realizar a comparação de preços e, pelo próprio aplicativo, solicita o medicamento para a farmácia escolhida”, informa Eduardo Ferreira, um dos criadores do produto.

Segundo Eduardo, a ideia do programa surgiu depois que ele viu uma notícia sobre a diferença de preço dos remédios em diferentes farmácias. “Decidimos criar essa espécie de marketplace, que leva o usuário até o lugar mais barato”, explica. A ideia dele é deixar o app gratuito e cobrar taxas das farmácias, para que elas apareçam na busca por lugares e por parte das transações que forem fechadas pelo aplicativo.

Sem grandes investimentos iniciais, a EasyFarma procura agora validar sua ideia. “Por enquanto, estamos buscando 2 mil cadastros de interessados no site e acredito no impacto social alto que o negócio poderá causar”, conta o sócio, que afirma já ter uma empresa há sete anos e ter no aplicativo um novo projeto.