Atualização: corrigimos informações financeiras a partir do levantamento de Vinod Sreeharsha, no New York Times.

Ele co-fundou o Paypal em 1998, foi CEO e presidente do Conselho até 2002, quando vendeu a empresa por US$ 1,5 bilhão para o eBay. Desde 1996, ele já agia como investidor, tendo iniciad carreira no mercado financeiro após formação em Direito. Thiel também formou-se em Filosofia, tem atuação filantrópica e educacional e hoje anunciou que participou de uma nova rodada de investimentos em uma empresa sediada no Brasil.

Com o slogan “design é para todos”, o norte-americano alemão Max Reichel fundou a Oppa no Brasil no final de 2011 inspirado na Ikea. O site fabrica e vende móveis e artigos decorativos de qualidade por preço competitivo. Além disso, recebe projetos de designers brasileiros que gostariam de ver suas peças produzidas (o que lembra o site Quirky).

Desde o início, a Oppa já contava com venture capital da Monashees, Kaszek, Thrive (de Josh Kutner, co-fundador da Vostu) e de alguns anjos (conforme publicamos), somando um valor declarado de US$ 2.36 milhões. A nova rodada de investimento soma US$ 13 milhões US$ 10.47 milhões e é liderada pelo fundo Valar, de Peter Thiel, com participação novamente de Monashees, Kaszek, Thrive e a entrada de Micky Malka, co-fundador do VivaReal.

A expectativa é que Thiel goste de investir em negócios no Brasil e repita a atitude.