Na enquete anterior, perguntamos o que os leitores pensavam sobre landing pages, as páginas de destino que literalmente são traduzidas como páginas de aterrissagem. Na prática, as landing pages costumam ser tudo o que algumas startups que nos contatam já tem pronto. Por isso, publicamos a enquete perguntando sobre landing pages. Você vai se admirar com as respostas. Achamos também uma apresentação bastante interessante sobre critérios para uma boa landing page.


Como se pode ver na tabela que mostra as respostas, apenas 5 pessoas disseram que ter uma landing page é ter uma startup. Mas a maioria acredita que as landing pages são importantes (difícil de negar) e também um grande número de respostas mostra que é chato chegar numa landing page que é apenas um “deixe seu e-mail que quando lançarmos algo vamos avisá-lo”.

Na minha opinião, ter apenas uma landing page é quase a mesma coisa de ter apenas uma ideia. Não significa um produto nem um negócio. É apenas uma foto. Ah, você está fazendo customer discovery? Quer ver quantas pessoas se interessam pela ideia, e perguntando coisas sobre o perfil da pessoa para testar suas premissas? Premissa se testa com produto, não com resposta espontânea, pois muitas vezes as pessoas não conseguem saber se querem ou não o seu produto antes de vê-lo (afinal, no início, costuma haver um gap entre o ideal e o real).

Em todo caso, se mesmo assim você vai fazer um pré-lançamento, considere essas dicas do Renato Cesar, designer que atua na aceleradora 21212.com. A minha dica única é: pense na aterrissagem como uma decolagem (é isso que você espera para o seu produto/negócio e você deve usar a landing page como o melhor ponto de partida para isso).