Já ouvi gente dizendo que Curitiba é interessante porque tem mão-de-obra qualificada e barata. Mas também acredito que a capital do Paraná seja berço de startups inovadoras (Compra3, MeAdiciona, Solidarium), e sede de eventos como o Fórum de Mídias Digitais Sociais e a Conferência Internacional de Cidades Inovadoras (que conta com eixo de Cidades Digitais e de Redes Sociais).

Ontem, a “cena da região curitibana” fez seu primeiro grande meetup público. O que isso significa?

O evento foi organizado pelos empreendedores Diego Sampaio e Osvaldo Santana. Eles informaram que o local tinha capacidade para 100 pessoas e ficou lotado. Estiveram representantes do fundo Confrapar e da Aceleradora.

UPDATE: se você reparou como o número de meetups aumentou ou se você está se perguntando quando vai ter meetup na sua cidade, leia este post que Yuri Gitahy escreveu. Ele é o provocador desta onda, mas não o responsável direto pela organização de cada meetup.

Confira a opinião pessoal que o Osvaldo compartilhou comigo sobre a cena em Curitiba:

A cena empreendedora aqui em Curitiba estava completamente apagada. Esse meetup foi absurdamente surpreendente para nós pelo número de empreendedores que estiveram presentes. Mas esse meetup foi só uma “fagulha” que esperamos transformar em braseiro.

O que pudemos perceber e sentir no evento de ontem é que em Curitiba tem muita gente querendo empreender mas quase ninguém querendo apoiar essas iniciativas. Até mesmo a FIEP, que deu um suporte para o evento, não tinha um discurso claro sobre o assunto. Iniciativas como o PRIME, da FINEP, não foram promovidas por nenhuma incubadora daqui (o PRIME da minha empresa foi feito por uma incubadora de Florianópolis).

Eu acho que essa deveria ser a linha do artigo sobre a cena empreendedora de Curitiba: “Muita gente querendo fazer mas poucos querem ajudar”.

Fica aqui um chamado: se você é investidor ou apoiador de startups na região de Curitiba, entre em contato, expresse sua opinião, faça parte!

O evento foi gravado em vídeo, mas a gravação ainda não foi liberada. Conforme informações publicadas no blog do evento, os participantes vão concorrer a horas de uso do escritório colaborativo Aldeia Coworking. Confira algumas fotos disponibilizadas pelo pessoal do Aldeia: