Na verdade, o Sebrae trata startups como MPEs (micro e pequenas empresas), coisa que as startups realmente costumam ser no início. Fato é que agora o caminho para uma startup ser patrocinada pelo Sebrae esta muito mais fácil.

Não se trata exatamente de capital semente ou outro tipo de investimento, mas é patrocínio em dinheiro para realizar eventos, publicações e atividades diversas.

Cada pessoa jurídica (empresa, CNPJ) pode inscrever até 2 projetos a serem realizados ainda este ano ou no primeiro semestre de 2011 – mas corra, veja a documentação necessária e envie até 10 de agosto!

Confira o edital para saber os critérios para aprovação e inscreva aqui seus projetos.

Alguns critérios do edital:

  • projetos de responsabilidade de terceiros, que contribuam para estimular a competitividade das micro e pequenas empresas e para promover a produção e a difusão do conhecimento, com ênfase no empreendedorismo;
  • de âmbito regional, nacional ou internacional;
  • projetos com data de início compreendida entre 18 de outubro de 2010 e 30 de junho de 2011;
  • comprovar: contrato social da empresa; certidões de regularidade (“negativas”) tributária (impostos) ou Sicaf, trabalhista e previdenciária (registros e contribuições de funcionários).

Conheça também a Polí­tica de Patrocí­nio e a Instrução Normativa 40/03, que esclarecem sobre a forma como o Sebrae pode patrocinar. Eles atendem dúvidas pelo patrocinio.selecao2010@sebrae.com.br.

Se sua startup tem 2 ou mais anos e 9 ou mais funcionários, confira o programa Sebrae Mais.