Fomos contatados pelo arquiteto de software Fernando Andrade que, ao invés de fazer mais um serviço relacionado a Twitter, mensageria ou rede social, apostou no mercado de motores de busca (search engines) usando uma nova API que foi liberada este ano por um gigante que costumava ser líder.

O site www.quiui.com.br foi apresentado recentemente a comunidade da internet como uma alternativa inovadora em relação aos sites busca, atuais. O Quiuí oferece inúmeros recursos como histórico de pesquisas, preview, marcador de melhores resultados, blog site, informações adicionais, e de segurança. Blog site é ferramenta criada pelo Quiuí­ que permite ao dono do site publicar mensagens para seus usuários.

Segurança

O Quiuí oferece informações adicionais sobre confiabilidade dos sites resultantes das buscas, sobre confiabilidade para compra, sobre o ní­vel de privacidade que o site oferece aos dados fornecidos pelo usuário; e informações relacionadas a segurança do site para acesso de crianças à conteúdos impróprios. As informações são mantidas principalmente por uma comunidade internacional, a WOT (com a qual o Quiuí tem integração).

Os usuários do Quiuí­ podem fazer parte da comunidade e ajudar a criar uma internet mais segura.
Devidos as informações de confiabilidade e segurança apresentadas pelo Quiuí, este se mostra como uma excelente ferramenta para internautas iniciantes, e para os veteranos que procuram evitar sites que podem conter intensões maliciosas, e navegar de forma segura.

O Quiuí usa uma API do Yahoo, chamada de plataforma BOSS (da sigla em inglês para Construa seu Próprio Sistema de Busca, “Build your Own Search Service”). A novidade solução expande o projeto Open Strategy anunciado pelo do Yahoo no começo do ano, plano de longo prazo para que serviços e aplicações contém com um sistema de busca mais aberto.

Desculpas aos leitores e obrigado ao Yuri Gitahy e ao Diego Gomes que me avisaram que tanto o BOSS quanto o YOS foram lançados em 2008, não no início deste ano, como o Quiuí.