Na noite de ontem, Niklas Zennström palestrou no Insper em São Paulo, SP. Conhecido por co-fundar Skype, Kazaa, LastFm, Joost e Joltid, Zennström também fundou a investidora Atomico Ventures.

Niklas vem visitando o Brasil há um ano e meio – tem até um representante aqui, o executivo Carlos Pires, que vai intermediar uma entrevista exclusiva para nossos leitores.

Eu fiz a cobertura ao vivo da palestra, pelo Twitter. Confira o resumo do que ele falou e assista ao vídeo transmitido e gravado pelo Instituto Endeavor.

Zennström é sueco, tem 43 anos, mora em Londres. Estudou Física, Engenharia e Computação. Confira algumas dicas e máximas que ele falou.

  • “perca o medo de falhar”
  • “empreender não é emprego, mas estilo de vida”
  • “empreendedores não querem apenas impactar o mundo, mas também receber dinheiro”
  • “dá uma chance aos seus sonhos, mesmo se isso significar que talvez vc falhe”
  • “em breve, países desenvolvidos vão dever mais do que produzem”
  • “diversificação e inovação são imprescindíveis. empreendedores não podem errar igual”
  • “dinheiro fácil pode fazer vc parar de pensar”
  • “crescimento orgânico não é apenas para vegetais, mas a única forma de aumentar produtividade e eficiência a longo prazo”
  • “empresas de tecnologia podem escalar de forma mais eficiente e barata do que as tradicionais, e são mais estratégicas”
  • “a tecnologia faz parte do dia a dia do brasileiro”
  • “há mais de 1,5 milhão de pessoas ganhando a vida vendendo coisas no eBay”
  • “houve uma mudança recente de perspectiva, do crescimento orgânico para a alavancagem acelerada”
  • “precisamos de crescimento por meio de engenharia real, não de engenharia financeira”
  • “falhar deixa você esperto”
  • “governos, empreendedores e empregados não deveriam temer riscos, pois eles nos tornam vencedores auspiciosos”
  • “empreender tem muito a ver com falhar e tem gente que usa isso como desculpa para não fazer” (RT @BobWollheim)
  • “a base da pirâmide pode ser a fonte de novos ciclos econômicos, desde que se abrace o risco”
  • “pessoas são o melhor tipo de capital”
  • “se não há mercado, não há negócio”
  • “países desenvolvidos estão uma bagunça por causa do financiamento (endividamento, debt) barato; não repitam esse erro no Brasil”
  • “não é hora de o Brasil ser complacente! assumam seu futuro agora! aprendam com os erros dos países ricos”
  • “trás pontos importantes: crescimento orgânico, inovação encorajada e empoderamento de tomadores de risco”
  • “falhar é simplesmente a oportunidade de começar novamente, dessa vez com mais inteligência” (citação de Henry Ford, RT @marinamiranda)
  • “as pessoas acham que os empreendedores são aqueles que não conseguem emprego, mas eu tinha um”
  • “mesmo grupos grandes e tradicionais tiveram um início empreendedor”
  • “houve tempos em que mais ninguém acreditava no nosso negócio, mas não pude falar isso. depois tudo deu certo”
  • “fomos a 26 investidores até conseguir dinheiro pro Skype. todos esses nãos não me desmotivaram”
  • “e daí, se você falhar? vc aprendeu algo, talvez tanto quanto na faculdade”
  • “falhar é a forma mais intensiva de fazer pesquisa de mercado” (RT @juprando)
  • “mantenham estilo de vida universitário” (dica para jovens que lutam para emplacar produtos inovadores no mercado).

Confira aqui o que mais é falado sobre ele no Twitter. Clique na imagem ao lado para assistir ao ví­deo.

É, enviei tudo isso pelo Twitter @Startupi ontem, em tempo real (com exceção de onde indicado). Alguns leitores sugeriram usarmos outra conta para fazer coberturas ao vivo, então vamos manter no perfil original apenas os posts.

Inauguramos hoje (no E-Commerce Summit) o Twitter @Startupi2. É onde estou fazendo a cobertura ao vivo direto do evento, agora com uma pausa para editar textos e fazer contatos – teremos algumas exclusivas bem interessantes, além do Zennström).