Quem usa internet está acostumado com a tecnologia Flash, utilizada em diversos sites, games, mídias sociais, smartphones e painéis multitouch. Este produto da Adobe (originalmente da MacroMedia) tem no Brasil uma das maiores comunidades de profissionais e empresas implementadoras. Um desenvolvedor brasileiro foi trabalhar na EFM em San Diego, tornou-se Diretor Interativo e está trazendo ao Brasil um evento para fortalecer a adoção da plataforma.

“Na verdade, o objetivo do Flash Camp Brasil é introdutório à plataforma Adobe composta por Flash, Flex e AIR. Há uma série de empresas no país desenvolvendo soluções muito boas, vão estar presentes no evento, palestrando ao lado de líderes internacionais, e interagindo com o público presente”.

Este é o recado de Demian Borba, o curitibano com experiência no Rio de Janeiro, radicado em Maceió e há alguns anos integrante da EFM, nos Estados Unidos. Foi ele que conquistou a diretoria da Adobe para poder organizar no Brasil o Flash Camp, evento que vem acontecendo em algumas cidades americanas.

O Flash Camp Brasil vai acontecer em 15 e 16 de janeiro na cidade de Maceió, AL. O sistema de inscrições no site é um exemplo de adoção da tecnologia Flex: foi feito com o produto Tangu, da empresa brasileira Sandbox.

O AIR é uma tecnologia que permite a produção e exibição de arquivos multiplataforma, com a mesma extensão .air. Um exemplo é o famoso Tweetdeck, aplicativo desktop (instalado no computador) para gerenciamento de contas do Twitter – similar ao Yahoo Sideline, que utiliza a mesma tecnologia. Veja uma série de cases internacionais com AIR.

Então, se você desenvolve com Adobe ou tem interesse em conhecer de perto os realizadores dos mais importantes cases nacionais e internacionais, participe do evento. Haverá também um espaço ignite, onde os profissionais poderão se apresentar – concorrendo a prêmios.

Acompanhe o Flash Camp Brasil no Twitter.