3356027263_d83e02fb91_bjpgA última Campus Party foi cheia de boas ideias. Uma delas, germinada lá, floresce só agora: o livro Para Entender a Internet – uma coletânea de artigos coordenada por Juliano Spyer.

Publicado (como versão €œbeta€) somente na internet, o livro é uma experiência de colaboração em rede. €œEu levei dezoito meses para escrever e publicar o livro Conectado, que em mais de um ano vendeu aproximadamente três mil exemplares; o Para Entender levou um mês para ser feito e muitos dizem que terá mais de três mil downloads em menos de um dia – diz Juliano.

Os temas são os mais diversos: noções beta, capital social e Whuffie, cauda longa, co-working, cultura do remix, cyberpunk, ética hacker, interatividade, metodologias ágeis, rede social, viral, Web 2.0…

Mais do que um conteúdo muito rico, o Para Entender é uma prova de conceito. Como os movimentos de software livre tem demonstrado há muitos anos, através da colaboração em rede pode-se atingir resultados que de outra maneira seria praticamente impossível. E é muito interessante ver este tipo de movimento saindo do reduto do software e dos blogs e indo para os livros.

Lançado dia 17/03 no twitter sob licença Creative Commons, o trabalho traz artigos de alguns dos maiores nomes da internet brasileira, e mais do que um bloco físico de papel e tinta, é um espaço aberto para discussão e diálogos – pode-se comentar, republicar, remixar e distribuir à vontade, desde que não seja para fins comerciais.

A experiência abre espaço para dezenas de desdobramentos (que tal uma revista-eletrônica bimestral?) e ensina como funciona a internet desde seu processo de co-criação – a livre amizade criadora impulsionada pela colaboração inteligente e os efeitos de rede.

Por Gilberto Jr