Na medida que o Twitter passa a ser um ótimo filtro para encontrarmos informações quentes e interessantes, muitas vezes queremos referenciar uma conversação ou algumas mensagens lá quando estamos explicando alguma coisa em nossos blogs, nos Gtalks e MSNs da vida ou mesmo no próprio Twitter. A dificuldade é que perde-se o “fio da meada” ao ter que linkar várias mensagens diferentes. O QuoteURL chega para resolver esse problema.

Sempre que você precisar citar um ou vários twitts, o QuoteURL ajuda você a organizá-los em uma URL própria e até “embedar” em uma página HTML. Por exemplo, como está o trânsito na manhã desta terça-feira em São Paulo? Pesquei algumas mensagens no Twitter que falam sobre isso e coloquei usando o “embed” do QuoteURL abaixo:

  1. baccioly
    bacciolyÉ… O transito de São Paulo é cronicamente inviável…
  2. Transito em SP e RJ
    transito#TransitoSP Marg. do Pinheiros concentra piores trechos de lentidao – O motorista que trafegava pelas principais vias http://twurl.nl/rlktod
  3. Henrique Macedo
    henriquemacedo

    6km de casa ao trabalho. Às 7:45, 10 min. Às 8:45, 40 min. #transito #SP #fail
  4. leecamimura
    leecamimuraTentando chegar a Congonhas. Curte o transito nesta manha paulista! http://twitpic.com/1jb14

this quote was brought to you by quoteurl

O desenvolvedor a aplicação, o Fabricio Zuardi, colocou um post em seu blog explicando detalhes do desenvolvimento. Um desses detalhes é que o QuoteURL foi feito usando o Google App Engine.

Uma das funcionalidades explicadas no vídeo abaixo está desativado por enquanto e me pareceu muito útil. É o splitmode (*) no qual o Twitter e o seu mecanismo de busca ficam lado a lado na mesma página com o QuoteURL e tudo o que você precisa fazer para separar as mensagens é um arrastar e soltar.

(*) o Fabricio explica nos comentários os motivos de desativar o splitmode

O serviço está em inglês, ou seja, a ideia o que é interessante e pode ser sinal de que o mercado brasileiro não é grande o suficiente para uma aplicação deste tipo.

Para finalizar o Fabricio disponibilizou o código fonte do seu aplicativo o que pode ser uma oportunidade de outros aprenderem como funciona o Pyton e o App Engine, além de contribuírem com patches.