A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, e a Kitado, plataforma on-line e gratuita para negociação de dívidas, apostam em uma solução que proporciona um ambiente gratuito, didático e seguro para zerar os débitos com as principais instituições financeiras do País.

A Kitado tem como objetivo modificar a abordagem na cobrança de débitos, proporcionando um ambiente que ajude os brasileiros a saírem das dívidas de forma mais transparente, humana e conveniente.  “O diferencial da plataforma está na combinação de tecnologia, dados e estratégia de comunicação que ofereçam uma experiência ao usuário nunca antes vista na indústria de cobranças, desconstruindo o modelo tradicional de ligações telefônicas, que, por vezes, pode constranger o cliente”, afirma Breno Barros, Head of Solution Center & Innovation da Stefanini.

A parceria estratégica com a Kitado surgiu da segunda rodada do programa OpenStartups, com o propósito de levar inovação para os diferentes setores da economia.

O processo para liquidar as dívidas pela plataforma é simples: basta o cliente acessar o site da Kitado, selecionar com qual instituição financeira deseja negociar e, após um breve cadastro, o consumidor é direcionado para um canal de atendimento gratuito e on-line, no qual ele poderá escolher as melhores condições para quitar os débitos. São utilizadas avançadas técnicas de CRM e as melhores soluções de interação com clientes no ambiente digital.

Além de um aumento expressivo na recuperação de dívidas, a plataforma é customizada de acordo com o perfil de atuação da empresa. Desse modo, é possível atrair clientes que a empresa não consegue contato pelo modo tradicional – por telefone – e obter não apenas a redução significativa de reclamações, que muitas vezes, se sentem incomodados com cobranças em momentos inoportunos, mas também potencializar elogios e lealdade por parte dos consumidores, que se surpreendem com a sutileza e transparência neste novo processo de negociação.

De acordo com Paulo de Tarso, CEO da Kitado, a plataforma já atende importantes instituições financeiras do País, acumulando mais de 250 mil acordos e um total aproximado de R$270 milhões recuperados. Segundo o executivo, com essa nova abordagem é possível recuperar cerca de 10% a 20% dos créditos em um prazo de três meses. “Queremos que o consumidor se sinta à vontade para quitar o débito, recuperar o crédito e voltar a consumir de forma mais consciente, mantendo uma boa relação com os credores”, conclui Tarso.

Na prática:

  • Empresa – Realiza o upload da lista de devedores na plataforma Kitado.
  • Stefanini e Kitado – Fazem o uso intenso de ferramentas digitais para encontrar, atrair atenção dos clientes e engajá-los na jornada de reestruturação de suas dívidas.
  • Cliente – Dá preferência por negociar on-line por meio de interações personalizadas, acessa a página de negociação, especifica a empresa e informa como pretende quitar a dívida.
  • Resultados – A negociação é acompanhada on-line e, quando finalizada, os resultados são instantaneamente transmitidos à empresa credora.