* Por Cláudia Mamede

Na Rede Mulher Empreendedora recebemos diariamente inúmeros pedidos de empreendedoras correndo atrás de informações sobre o universo empreendedor, pedindo ajuda ou mesmo soluções mágicas. A grande dificuldade das mulheres é saber se realmente estão preparadas para encarar o empreendedorismo do jeito nu e cru que ele exige.

Empreender, quando levado a sério – como qualquer outro ramo profissional –, exige muita dedicação e abdicação. Como dizia minha avó: “o único lugar que dinheiro vem antes de trabalho é no dicionário”, por isso, com nossa experiência de mais de 6 anos nesse território, podemos dizer que:

  • Não se engane. Se você está buscando empreender só para fugir do seu chefe ou porque ama o que faz, mas não sabe ganhar dinheiro com isso, empreender não é um bom caminho nesse momento! Se capacite primeiro, busque mais informações, troque experiências com empreendedoras que já fazem o que você faz e tire suas dúvidas.
  • Valide sua ideia. Se você passou direto pela primeira dica é sinal que já está com uma ideia mais consolidada do que vai fazer. Então, aproveite essa energia e antes de investir dinheiro na ideia, invista tempo. Faça uma pesquisa básica, comece pela família, pergunte aos seus parentes – mais velhos e mais novos – se eles entenderam a sua ideia e depois compare as respostas, você vai se surpreender.
  • Pense no seu cliente. Se a sua ideia passou pelo crivo da pesquisa com a família, agora é o momento de focar no cliente. Você já sabe quem é o seu público? Já pensou que ele pode ser mais criterioso do que você imagina? Pense em como não se afastar dele em todo processo.  Dá trabalho, mas é a chave que vai te abrir a porta do sucesso!
  • CNPJ ou MEI? Já sabe como vai ser sua empresa? Nome, ramo, segmento, impostos que vai precisar contabilizar nas suas notas fiscais. A ajuda de profissionais da área nesse momento é essencial.
  • Escolha o melhor time. Desde a escolha do sócio até das pessoas que vão estar ao seu lado nesse início será crucial para o bom desenvolvimento do seu negócio. Lembrem-se que ninguém faz nada sozinho e muito menos sabe de tudo! Escolha sem pressa, pesquise, contrate as pessoas pelas suas competências e não só pela amizade. Temos uma frase que usamos muito na Rede que é “ nunca contrate quem você não pode demitir”, isso vale para amigos, familiares e cônjuges.

Espero que essas dicas sejam úteis e que possam fazer você perceber que empreender não é tão fácil quanto pintam por aí! É algo que precisa de dedicação, estudo e acima de tudo ter uma alma com atitude positiva e otimista, porque só depende de você fazer tudo dá certo!


Claudia Mamede Canal RMECláudia Mamede, jornalista, roteirista, escritora graduada em comunicação social com ênfase em Jornalismo pela PUCCAMP. Empreendedora há mais de 5 anos, ex-sócia da PitchCom, diretora, colaboradora e mentora da Rede Mulher Empreendedora desde a fundação e curadora da Virada Empreendedora e do Fórum Empreendedoras.