O Hackathon Campinas, promovido pela Informática Municípios Associados (IMA), Prefeitura Municipal de Campinas e Sensedia acontece nos dias 5 e 6 de março na sede da IMA em Campinas. Os participantes poderão usar a base de dados relacionados à Prefeitura da cidade para criar aplicativos e soluções tecnológicas úteis para os cidadãos. Como incentivo à participação, serão distribuídos um total de R$ 12 mil em prêmios para as equipes que desenvolverem as melhores aplicações durante a maratona de programação.

A equipe responsável pela criação da melhor solução, receberá R$ 6 mil em vale presentes distribuídos igualmente entre os quatro integrantes do grupo (R$ 1,5 mil para cada um). A segunda equipe receberá R$ 4 mil e a terceira, R$ 2 mil, também em vale presentes a serem divididos entre os participantes de cada time.

Foram selecionados 48 participantes por meio de critérios como conhecimento de diferentes tecnologias e histórico profissional. A premiação será oferecida pelos patrocinadores do evento, que também é apoiado pelo Núcleo Softex Campinas, Sanasa e Sebrae.

O Hackathon começará no dia 5, na sede do IMA. Os participantes serão divididos em 12 equipes, cada uma composta por três desenvolvedores e um designer. Durante o evento, um time técnico e de negócios estará disponível para auxiliar os desenvolvedores e, ao final, uma banca com cinco integrantes escolherá a equipe vencedora.

“A maratona de programação resultará em produtos que colaborem para a reinvenção do governo, proporcionem maior visibilidade e transparência dos dados públicos, bem como benefícios aos cidadãos”, afirma Fábio Luiz, coordenador de sistemas na IMA. Serão 24 horas de programação, já que o evento se encerra somente no dia 6 de março, com a demonstração dos apps. Além disso, segundo Kleber Bacili, CEO da Sensedia, os participantes terão apoio do time técnico e de pessoas da área de negócios que poderão falar mais sobre a origem e o uso desses dados.