O Startupi é um dos parceiros de mídia e estará presente na 4° edição do Festival Path, um dos principais encontros brasileiros sobre Criatividade e Inovação, realizado anualmente pelo O Panda Criativo, que acontecerá nos dias 14 e 15 de maio. O evento deste ano será composto por palestras, shows, filmes e muitas atividades, trazendo uma experiência diferenciada em educação, entretenimento e negócios, conectando toda comunidade criativa brasileira. Buscando usufruir mais de São Paulo, o festival ocupa novamente o Instituto Tomie Ohtake, o Estúdio e diversos espaços nos seus arredores, criando a Cidade Path, um circuito interligado, onde todos os trajetos podem ser feitos a pé!

Uma das maiores novidades desta edição são as Feira de Startups e Feira Makers. A Feira de Startups será um ambiente para que empreendedores mostrem ao público seus produtos e serviços, montada juntamente com a Startup Farm. A Feira Maker é um espaço para exibir e demonstrar gadgets e inovações na área da robótica, feita em colaboração com os espaços makers Olabi, do Rio de Janeiro, e o Bolha, de São Paulo.

Nesta edição, o Festival cresce em conteúdo e espaços. Os mais de 300 palestrantes abordam temas variados e relevantes discutidos no país nos últimos meses através de perspectivas inovadoras e que apontam tendências futuras. Os destaques da programação deste ano são temas como empreendedorismo, tecnologia, economia compartilhada, esporte, ocupações urbanas, feminismo, gênero, mercado musical e audiovisual, educação informal e cultura contemporânea. Dentre os palestrantes confirmados, estão o empreendedor Facundo Guerra; a fundadora da ONG Think Olga, Jules de Faria; o diretor da Amazon no Brasil, Alex Szapiro; a agência Box 1824, entre outros.

Espaços

No espaço do Papo Expresso, alguns dos palestrantes irão ceder uma hora a mais das suas agendas para conhecer 5 participantes do evento por vez, que serão selecionados por ordem de chegada. Durante a interação, os participantes podem partilhar suas experiências e objetivos com os palestrantes convidados. Além das rodadas de negócios, de música e audiovisual. Nelas, produtores, previamente inscritos, e compradores de conteúdo convidados poderão se conhecer, tal como acontece em grandes festivais de comunicação mundo afora.

Neste ano, a mostra de filmes, presente até então, evolui para o Festival Path de Documentários, com premiação e jurados especializados. As inscrições estarão abertas para todo o Brasil e a curadoria buscará filmes de todos os temas, mas que tenham uma lente inovadora. Os filmes selecionados entram na agenda do Festival, e então serão julgados pelo júri e pelo público. As categorias são: Melhor Documentário Longa Metragem pelo júri (prêmio de R$10 mil), Melhor Documentário Longa Metragem pelo público (prêmio de R$10 mil) e Melhor Documentário Curta Metragem pelo júri (prêmio de R$5 mil).

Além disso, o Instituto Tomie Ohtake promove a Exposição Arte Atual, que este ano é realizada em conjunto com o Festival Path , sob o tema “Enquadramentos” e curadoria de Paulo Miyada. Seis jovens artistas, performers, dançarinos e pesquisadores que hoje procuram experimentar renovadas maneiras de colocar a si mesmo em cena e reenquadrar seu corpo, identidade e lugar, ocupam duas salas expositivas e, também, propõem palestras sobre cinema e teatro, além de apresentações de dança e performances no festival.

 A espera de público é o dobro do ano passado, entre 8 e 10 mil pessoas. As compras de ingressos podem ser feitas no site e esse ano, para evitar filas, as credenciais poderão ser retiradas a partir do dia 13, sexta feira.

Nos vemos lá?