A Intel anunciou ontem (4/1), a compra da companhia alemã Ascending Technologies. Os valores do acordo não foram divulgados, mas todos os 75 funcionários da empresa receberam oferta para trabalharem para a Intel. As informações são da Forbes.

Segundo a Intel, antes desta aquisição, as duas empresas já tinham parceria para usar câmeras RealSense da Intel para ajudar os drones a detectar e evitar obstáculos ao seu redor. Esta tecnologia da Intel permite que as câmeras dos aparelhos percebam profundidade e dá aos drones “visão computacional”, ou a capacidade de processar e entender imagens.

Em nota no blog da Intel, Josh Walden, vice-presidente e diretor geral de tecnologia da companhia disse que junto com a Ascending Technologies, a Intel ganha experiência e tecnologia para acelerar a implantação da Intel RealSense no segmento de mercado dos drones, que está em rápida expansão. “Planejamos para a equipe Ascending Technologies que continuem a apoiar os seus clientes atuais enquanto colabora também com a equipe da Intel para desenvolver tecnologia UAV (sigla para veículo aéreo não tripulado, em inglês) que pode ajudar drones voarem com mais consciência de seus ambientes.”, finaliza.