Apesar de ainda não ter apresentado todo o seu potencial, o uso do Big Data continua sendo uma grande aposta para empresas brasileiras. E com as startups esse cenário não é diferente. De acordo com relatório apresentado pela Fundacity Investments, 70% das aceleradoras tem a intenção de investir no mercado de Big Data Analytics nos próximos 12 meses.

Observando um mercado que, segundo estudo da consultoria IDC, deverá movimentar US$ 1 bilhão no País em 2017, startups de tecnologia estão apostando seus negócios nesse nicho de atuação. Veja abaixo cinco startups promissoras que estão apostando no Big Data no Brasil.

BigData Corp

Fundada com o objetivo de ajudar empresas de todos os portes e segmentos a utilizar o potencial do Big Data no dia a dia, a BigData Corp coleta, valida e analisa dados para extrair conhecimentos. Através da automatização de processos manuais, empresas ficam livres para pensar estrategicamente sobre como aplicar esse conhecimento em seus negócios.

Shopback

A empresa investiu para transformar a tecnologia de retargeting praticada pelo Google e Facebook para o e-mail marketing, utilizando o potencial do Big Data para reter clientes e recuperar carrinhos abandonados no e-commerce. A Shopback adota uma tecnologia avançada de avaliação de comportamento de usuários com base em um grande banco de dados para identificar usuários até então desconhecidos pelos sites, retomando o contato com o consumidor por meio de e-mail ou evitando que ele abandone a página com recursos de engajamento no próprio site – como overlays para identificar motivo do fechamento, exibição quantidade de itens em estoque e de visitantes visualizando o mesmo produto. Com esses recursos, a taxa de conversão aumenta em até 30%.

Precifica

Empresa brasileira de precificação inteligente, a Precifica utiliza o Big Data para que as lojas virtuais criem regras para atuar na alteração automática dos preços dos produtos. A empresa realiza também ações de análise de sortimento e monitoramento de frete, que auxiliam as lojas virtuais em todas as etapas da comercialização de produtos, desde a política de remessas que compõe o preço final do produto até a identificação de oportunidades.

FX Flow Intelligence

A empresa utiliza do BigData para ajudar os lojistas e shopping centers a identificar comportamento dos consumidores em lojas, espaços públicos e shoppings centers. Por meio da tecnologia de visão computacional, um dispositivo instalado no ambiente é capaz de monitorar e informar via Internet (wi-fi ou 3G) a quantidade de visitantes, as hot zones (zonas com maior fluxo), a direção e o comportamento no tráfego, entre outros indicadores, permitindo que as decisões estratégicas sejam tomadas com mais precisão.

Prediction

A startup foi criada em 2013 com o foco em ajudar empresas a usar melhor um dos seus principais ativos: suas informações. A Prediction atua em diversos setores do mercado, desde a indústrias em geral, passando pelo sistema financeiro até serviços e varejo. A empresa é especializada em analisar grande quantidade de informações por meio de ferramentas próprias e desenvolvendo soluções estratégicas com esses dados.