A startup gaúcha Mailee de email marketing acaba de ser comprada pela RedeHost, empresa de hospedagem para sites. O valor da compra não foi divulgado, mas Flávio Cardoso, fundador da RedeHost afirmou numa conversa com o Startupi que todos os funcionárioda Mailee continuarão empregados, agora na Redehost, com exceção de um sócio que preferiu sair.

A Mailee está no mercado desde 2009 e tinha hojte uma média de 400 clientes e enviava cerca de 16 milhões de email por mês, afirma Marcelo Fontoura que é da comunicação da Mailee. A ideia é que o negócio seja uma ferramenta para empresas que querem entrar em contato com o público. “A Mailee funciona como um SaaS [software as a service], vendemos crédito da plataforma para o cliente usar”, explica Fontoura.

A RedeHost também é do Rio Grande do Sul, funciona há onze anos e é um dos maiores players do Brasil. A empresa oferece serviços em hospedagem de site. Segundo Flávio Cardoso, a RedeHost adquiriu fama e confiança dos clientes que pediam por novos produtos e é isso que o fez chegar até a Mailee.

“Há cerca de um ano desenvolvemos uma solução de email marketing e ela teve uma aceitação muito boa no mercado. A partir disso fomos procurar quem fazia isso bem no Brasil e por sorte encontramos uma startup que ficava perto da gente, a Mailee”, resume Cardoso.

“Eles reinventaram o que já existia de forma melhorada e há cerca de cinco meses começamos a conversar e fechamos a aquisição”, acrescenta o fundador da RedeHost.

A compra foi fechada oficialmente há dez dias e os clientes estão sendo avisados.