Para cada R$ 1 que um investidor da Anjos do Brasil colocar em uma startup no Rio Grande do Norte, o Sebrae RN colocará mais R$ 4 em forma de subvenção não reembolsável –o empreendedor não precisa devolver os recursos obtidos.

Além do capital financeiro propiciado pelos investidores anjo, os empreendedores também poderão contar com toda sua experiência, conhecimento e rede de contatos para ajudar a acelerar o crescimento do seu negócio, aumentando suas chances de sucesso.

Em comunicado à imprensa, Cassio Spina, fundador da Anjos do Brasil, ressalta que esta parceria segue algumas das tendências mais promissoras para financiamento de startups no mundo: “Estive recentemente em um congresso da EBAN, a federação de investidores anjo da Europa, e o coinvestimento público e privado foi apresentado como um dos melhores caminhos para o financiamento de projetos inovadores”, diz.

Segundo o comunicado, a motivação do programa foi “a constatação da importância da construção de um ecossistema integrado”. O comunicado encerra dizendo que “tanto a Anjos do Brasil quanto o SEBRAE RN acreditam nos resultados deste projeto e que este seja um piloto para outras iniciativas semelhantes por todo o Brasil”.