Phoenix, we have a life after death! Acabo de receber o comunicado abaixo e acho que ele fala por si.

Depois de um ano de portas fechadas, a Shoes4You é relançada neste mês de Junho. A marca foi comprada pelo shopping virtual MuccaShop, que assumiu todos os direitos de uso sobre o domínio. Sob nova direção, o objetivo é transformar o antigo site de sapatos em um espaço na web especializado na oferta de roupas, bolsas, calçados, joias e bijuterias.


Da esquerda para Direita: Carlos Fertonani, Luis Fertonani e Sandro Baumann, sócios do MuccaShop

“A Shoes4you foi um bom investimento para nós, afinal, o site já é conhecido pelas mulheres como uma referência em moda e traz consigo uma base de clientes”, afirma Gabriella Müller, gerente de marketing do MuccaShop. O relançamento da marca como um braço do marketplace foi uma das estratégias de segmentação adotada pelo MuccaShop para continuar crescendo.

Com o slogan “Olhou. Amou. Levou.”, atualmente a Shoes4You oferece ao consumidor a possibilidade de encontrar em um mesmo site produtos de 35 lojas diferentes, entre elas grifes famosas como M. Officer, Colcci e Calvin Klein. Vale lembrar que a Shoes4You, a exemplo do que ocorre no MuccaShop, não atua diretamente na venda dos produtos, mas faz a ponte entre consumidores e lojas cadastradas no shopping virtual.

“Queremos fortalecer nossa relação com as mulheres sofisticadas de alto poder aquisitivo, através de um site onde elas naveguem por produtos de qualidade, com a conveniência de encontrar artigos de diferentes lojas em um mesmo lugar”, afirma Gabriella Müller, gerente de marketing da empresa. Ainda segundo ela, a expectativa é que até o final deste ano o número de visitas totalize meio milhão e o número de lojas reunidas no site seja superior a 100.

O antigo modelo de negócio

Conhecida como sendo a primeira loja virtual brasileira a trabalhar na venda de sapatos e acessórios por assinatura, a Shoes4You foi reformulada e está de volta com uma proposta diferente. Febre entre as mulheres da época, a startup foi fundada em meados de 2011 e ficou famosa ao adotar um modelo de negócios que, apesar de novo no Brasil, já vinha sendo utilizado com sucesso em países europeus e norte-americanos.

O novo site da Shoes4You

Inicialmente, a proposta da Shoes4You era oferecer a seus clientes uma experiência inovadora e personalizada de consumo pela internet, algo parecido com o que faz a loja virtual norte-americana ShoeDazzle. Para isto, a empresa contou com o apoio milionário de grandes fundos investidores, como a AccelPartners, Flybridge Capital Partners, Redpoint Ventures e IG Expansión, além do CEO do Buscapé, Romero Rodrigues.

A loja virtual ofertava mensalmente a seus assinantes coleções exclusivas de sapatos, sendo que os modelos eram sugeridos com base no gosto e na preferência de cada assinante. Posteriormente, a empresa expandiu esta ideia e passou a oferecer outros produtos como bolsas, óculos e relógios, todos de grife. De fato, a Shoes4You funcionava como um clube de compras online, onde seus assinantes poderiam adquirir sapatos de marcas famosas, por um preço bem abaixo do preço de mercado.

Não demorou muito para que a ideia ganhasse a simpatia dos consumidores, tanto que em 2012, no seu primeiro ano no mercado, a Shoes4You obteve um faturamento de R$ 5,5 milhões, somava 15 mil assinantes e possuía um milhão de pessoas cadastradas, chegando à marca de 55 mil pares de sapatos vendidos.

Encerramento das Atividades

Com resultados expressivos em um curto período, a expectativa para o ano seguinte era de aumentar ainda mais os números. Porém, contrariando as expectativas, a empresa foi obrigada a encerrar suas atividades em abril de 2013, dois anos após sua fundação.

Um dos fatores responsáveis pela crise da empresa foi a falta de pagamento por parte de uma parcela dos clientes que cancelaram suas assinaturas no cartão de crédito, mas não junto à loja, o que permitia a eles continuar recebendo descontos na compra dos produtos, mesmo não sendo assinantes. A situação se agravou diante da demora por parte da equipe de desenvolvimento em diagnosticar o problema.

Além disso, de acordo com o antigo CEO da Shoes4You, Oliver Grinda, os altos custos e o potencial superestimado do mercado também contribuíram para a decisão da empresa em encerrar suas atividades. É provável que questões culturais e legais do país também tenham contribuído negativamente para o destino da empresa, pois o modelo de negócios adotado acabou não se adaptando às especificidades do mercado brasileiro.