A e-commerce de vinhos Evino mal completou um ano de vida em abril e recebeu R$ 7 milhões de investimento. O investidor privado é uma pessoa física e quer se manter anônimo, como informa Marcos Leal, co-fundador da empresa.

Marcos também conta que não é o primeiro investimento da Evino. “Esse investimento completa uns investimentos que a gente recebeu da Project A, que é quem incubou nosso projetos e fez os primeiros investimentos ano passado. Recebemos dois milhões de euros deles”, afirma o co-fundador.

A Evino já vendeu mais de 200 mil garrafas de vinho desde sua criação e cresce em torno de 25% a 30% por mês. Marcos diz que 200 mil pessoas seguem a newsletter da empresa e eles têm intenção de triplicar de tamanho até o fim do ano.

Segundo Marcos, o investimento de R$ 7 milhões, oficializado em maio, será focado nesse crescimento consistente, com investimento em marketing, time e estrutura para acompanhar o crescimento consistente da empresa.