A Project A Ventures anunciou hoje seu 5º investimento no Brasil. A empresa que recebeu o aporte de R$ 800 mil foi a Intelipost, startup que acaba de nascer e atua como SaaS para a área de logística em negócios de e-commerce.

A Project A é uma empresa alemã e se define como company builder, um misto de Venture Capital e desenvolvimento de empresas.  A empresa chegou ao Brasil em junho de 2012, liderada por Olivier Raussin, CEO para América Latina, e conta hoje com um aporte R$ 260 milhões dos grupos Otto e Axel Springer para participar do desenvolvimento do ecossistema de internet e mobile no Brasil e na Alemanha. Por enquanto, a empresa conta com outras quatro empresas em seu portfólio brasileiro, a Natue, a Evino, a Adtrade e a ESV Digital.

Stefan Rehm, Founder e CEO da Intelipost (foto), acredita que a experiência global da Project A em negócios de e-commerce foi fundamental para a idealização da startup e complementa “Normalmente, entre 70 e 80% das reclamações de um negócio de internet no Brasil diz respeito às entregas e ao pós-venda. Nossa vantagem competitiva é que já conhecemos os desafios do e-commerce no Brasil pela nossa experiência com a Natue e a Evino e sabemos como solucioná-los. ” No Brasil desde 2012, o alemão acumula uma experiência de dois anos na área de Desenvolvimento de Negócios da Project A em São Paulo e Berlim e agora está completamente dedicado a Intelipost.

Rehm explica que a Intelipost é uma incubada da Project A. “Eu era funcionário da Project A. Eu fui o responsavel na parte de TI da Natue e de operacoes na eVIno. Juntando TI mais operações deu essa ideia de criar a Intelipost. A Project A tem duas modalidades de investir, a primeira é numa empresa que já existe e a segunda é a de incubação, que é essa da Intelipost”, diz.

O CEO disse ainda que vai usar o dinheiro em duas partes. “Primeiro vamos desenvolver o produto, um sistema de TI bem complexo e a segunda parte é desenvolvimento de negócios mesmo”, diz. O software da Intelipost já está ativo.

A empresa integra diversas opções de transporte em uma plataforma única, permitindo a gestão de todo o processo do frete, o que inclui a contratação de transportadoras e a facilitação na abordagem; cotações de frete em tempo real com regras adaptadas a cada negócio; acompanhamento de entregas e business intelligence para cada encomenda. A filosofia do negócio é de ganha-ganha, onde não apenas os negócios de e-commerce possam se privilegiar dos benefícios, mas tembém a transportadora e o consumidor final.

“Cada tipo de e-commerce precisa de uma transportadora diferente e várias e-commerces não conhecem as melhores transportadoras para o seu tipo de produto. Estamos montando uma plataforma que vai ajudar os dois lados: a loja e a transportadora. A gente ajuda a loja em indicação de transportadoras e rastreamento. E a transportadora fornecendo uma integração de TI ótima com as lojas, para ganharem bastante eficiência”, explica Rehm.